Aumento de financiamentos para turismo em 2012

Financiamentos aos empresários do turismo
Financiamentos aos empresários do turismo

Com a diminuição dos juros alguns setores da economia foram favorecidos, caso dos investimentos em maquinário ou construção civil. Com este plano econômico, a presidenta Dilma almeja estimular confiança nos bancos para emprestar dinheiro aos empreendedores, inclusive do setor turístico. Segundo o Ministério do Turismo e da Caixa Econômica Federal, bancos liberaram R$ 3,8 bilhões para financiamentos aos empresários do turismo.

Como solicitar os empréstimos?

Os donos de empresas turísticas que querem contar com os descontos especiais oferecidos pelos bancos federais em empréstimos para o setor devem ir para alguma das instituições financeiras públicas, munidos de documentos que comprovem a condição de proprietário.

Eventos esportivos aquecem o turismo brasileiro!

A Copa do Mundo 2014 está cada vez mais eminente. Para receber os turistas com qualidade os donos empresas ligadas ao turismo necessitam de auxílio financeiro para ampliarem seus negócios, gerando maior lucro e aumento no nível da qualidade dos serviços do gênero prestado em terras nacionais. Os governantes estimulam o consumo e investimentos em infraestrutura com a queda dos juros.

Resultados explícitos nos números

Se comparado janeiro e março deste ano com o mesmo período em 2010 houve aumento de 38% na disponibilidade de quantia disponibilizada pelos bancos para empréstimos ao setor de turismo. O mês de maio contou com maior volume de créditos até agora no ano de 2012.

Investimento, reformas e capital de giro são as três modalidades viabilizadas pelos bancos para o investimento no setor. Ao todo, o resultado leva em conta a contabilização da disponibilidade de cinco grandes bancos federais. O volume emprestado aos estabelecimentos turísticos cresceu de R$ 2,80 bilhões para R$ 3,8 bilhões em um ano.

Distribuição por instituição bancária

A Caixa Econômica Federal foi responsável por emprestar 55% do montante. O Banco do Brasil registrou pouco mais da metade, correspondendo a 26,8% da quantia total.

O BNDES (Banco Nacional do Desenvolvimento) registrou aumento de 12,5%. A instituição é responsável por conceder linhas de créditos ligadas a reformas e construções hoteleiras em terras nacionais. Os restantes dos valores foram ofertados por recursos vindos dos Bancos do Nordeste e da Amazônia.

O mês de maio se destaca no ano se comparado com os meses anteriores. Somente nos investimentos ligados a aquisição de máquinas, capital de giro, investimentos ou reformas foram emprestados quase R$ 1 bilhão.

Foto: actualite-islamique.blogspot.com.es

Autor: Renato Duarte Plantier

Redator na rede de blogs The Diktyo SL. Coproprietário e Redator de blogs informativos em AsemioticanaWeb

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *