Chapada dos Veadeiros atrai turistas aventureiros e místicos

Chapada dos Veadeiros é Patrimonio Mundial

Dentre as belezas naturais do Brasil, a Chapada dos Veadeiros, no nordeste do estado de Goiás, é uma das mais encantadoras para os turistas. Situada no coração do país, a região abrange alguns municípios, como Alto Paraíso de Goiás e Cavalcante. O local é área de proteção ambiental e pertence ao Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, criado em 1961 pelo então presidente Juscelino Kubitschek.  No final de 2001, a UNESCO – Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura – reconheceu o parque como patrimônio. A paisagem encantadora da Chapada atrai milhares de turistas, que também buscam se aventurar pelos seus cânions, piscinas naturais, rios, cachoeiras, trilhas em meio ao cerrado etc. A região também é perfeita para amantes de esportes radicais, como canoagem, rafting, rapel, trekking, dentre outras modalidades. Na Chapada dos Veadeiros, o que não falta é opções de lazer e diversão para os visitantes.

Para explorar o Parque Nacional com segurança, é necessário procurar um guia. No município de Alto Paraíso, o Centro de Atendimento ao Turista (Av. Ari Valadão Filho, 1100) oferece algumas alternativas. É possível escolher do guia mais simples a pessoas especializadas, como historiadores, místicos ou geógrafos. Já na Vila de São Jorge, a 36 km do centro da cidade, as pessoas também conseguem alguém para orientar melhor sobre o passeio. O vilarejo também é a porta de entrada para o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, razão pela qual concentra algumas pousadas, restaurantes, feiras de artesanato e comércio.

As melhores atrações do Parque são as quedas d’água do Rio Preto, o Salto 1 e o Salto 2, ambas consideradas cartões postais da reserva. Uma delas, de 80 metros de altura, deságua na maior piscina natural da região. O local possui areia branca nas margens, o que o torna semelhante a uma praia. Já a segunda cachoeira tem 120 metros. Ambas são perfeitas para o banho. Porém, para chegar a esses lugares, é preciso encarar uma trilha de aproximadamente 6 km, com alguns trechos íngremes e cheios de pedras no caminho. Mas vale a pena! Não deixe de conhecer os Cânions 1 e 2 e a Cachoeira das Carioquinhas, que também possui piscinas naturais de águas puras, próprias para banho. Outro ponto interessante do Parque é o Vale da Lua, um lugar repleto de rochas esbranquiçadas que possui aspecto lunar. Tudo isso cercado por uma fauna e flora exuberantes, que varia conforme a época do ano. De maio a setembro, quando chove menos, a paisagem ganha aparência árida e árvores de folhas secas. No período que vai de outubro a abril, a região fica mais verde e florida, além das cachoeiras e rios, que ficam mais volumosos. Alguns animais da fauna brasileira que correm o risco de extinção também estão bastantes presentes no nordeste goiano, como o cervo do pantanal, o lobo guará, a capivara, o urubu rei, a anta, o tamanduá-bandeira, dentre outros.

Outra particularidade da Chapada dos Veadeiros é o forte apelo para o turismo místico. A forte presença de quartzo no solo da região faz com que a chapada seja vista como um centro de concentração de energia. O fato de ela ser cortada pelo paralelo 14, que também atravessa Machu Picchu, no Peru, é outro fator que reforça essas crenças. A cidade de Alto Paraíso, por si só, atrai muito esse público. Fica a dica para os mais esotéricos!

Foto Chapada dos Veadeiros: vilaboadegoias.com.br

Autor: Caio Lima

Blogger na rede The Diktyo SL.

1 pensamento em “Chapada dos Veadeiros atrai turistas aventureiros e místicos”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *