Copa do Mundo de 2014 deverá impulsionar o setor do turismo

Brasil vai sediar a próxima Copa do Mundo em 2014, um evento que ajudará a impulsionar o turismo no país

A Copa do Mundo FIFA 2014, que será sediada no Brasil, é um evento com potencial para atrair milhares de turistas ao país. Atualmente, o Brasil é o segundo destino turístico mais visitado da América Latina. Somente em 2010, o país recebeu 5,1 milhões de turistas. O número, porém, é muito pequeno se comparado às quase 23 milhões de pessoas que desembarcaram no mesmo ano no México, o primeiro colocado. Com a aproximação de 2014, a tendência é que os indicadores brasileiros cresçam. Mas, para receber essa demanda – estima-se que 500 mil turistas circulem pelo Brasil durante o mês do evento – o país precisa melhorar muito sua infra-estrutura aeroportuária e de mobilidade urbana. Alguns estádios também precisam acelerar o ritmo de obras. Veja como anda os preparativos nas doze cidades sede do torneio:

Salvador – BA

As obras da nova Arena Fonte Nova estão em ritmo adiantado. Os trabalhos de terraplanagem estão 95% concluídos e as primeiras estacas de fundação já estão sendo instaladas. Ainda não se sabe muito sobre os projetos de mobilidade urbana, já que as autoridades locais estão debatendo os modelos de concessão para os sistemas BRT e VLT.

Manaus – AM

A capital do Amazonas está com as obras da Arena Amazônia dentro do cronograma. A construção das fundações já está em andamento e as arquibancadas inferiores começam a ser instaladas em julho. De acordo com o governo estadual, 20% das obras já estão concluídas.

Fortaleza – CE

Com a reforma do estádio do Castelão dentro do cronograma, a capital cearense é forte candidata a sede da Copa das Confederações 2013, evento teste para o mundial do ano seguinte. O Aeroporto Pinto Martins começará a ser ampliado neste segundo semestre.

Porto Alegre – RS

As obras do estádio Beira-Rio foram paralisadas em julho. A previsão é de que sejam retomadas em agosto, quando o Internacional assinar o contrato definitivo com a construtora Andrade Gutierrez. Já as obras de revitalização da zona portuária de Porto Alegre ainda não começaram.

Obras no estádio Beira-Rio

Cuiabá – MT

A Arena Pantanal está com as obras de fundações praticamente prontas e as arquibancadas inferiores já estão sendo instaladas. Durante o mundial, a arena terá capacidade para 45 mil pessoas. Porém, cerca de 30% dos assentos serão removíveis, para evitar que o estádio se torne um elefante branco.

Belo Horizonte – MG

A capital de Minas Gerais é uma das sedes mais adiantadas na preparação para o mundial no que diz respeito ao estádio. Praticamente garantido na Copa das Confederações, o Mineirão está com as reformas em ritmo acelerado. O anel inferior das arquibancadas está sendo refeito e a previsão é que a arena fique pronta em dezembro de 2012. Belo Horizonte é candidata a abertura da Copa do Mundo.

Curitiba – PR

A reforma da Arena da Baixada é a mais simples e barata dentre todas as cidades sede. Porém, o Atlético Paranaense ainda não fechou contrato com nenhuma construtora. A previsão é de que as obras comecem ainda neste segundo semestre de 2011.

Natal – RN

Sede mais atrasada da Copa, a capital potiguar corre contra o tempo para viabilizar a construção da Arena das Dunas. O canteiro de obras já foi instalado, porém, o estádio do Machadão será demolido apenas em setembro. As obras de mobilidade urbana também ainda não saíram do papel.

Recife – PE

O ambicioso projeto da cidade da Copa, em São Lourenço da Mata, na Grande Recife, segue o cronograma. As obras de terraplanagem da Arena Pernambuco estão concluídas e as primeiras estacas de fundações já estão sendo instaladas. O estádio deve ficar pronto entre o final de 2012 e começo de 2013.

Obras na área onde será construído o estádio Arena Pernambuco

Brasília – DF

Candidato a receber a abertura da Copa, o Estádio Mané Garrincha está com 33% das obras concluídas. Quem mora na capital federal já pode ver a arena ganhando forma. O Aeroporto Juscelino Kubitschek passará por reformas a partir de novembro e deverá ser entregue em 2013. Brasília provavelmente será uma das sedes da Copa das Confederações.

Rio de Janeiro – RJ

Apesar do aumento do valor da reforma as obras do Maracanã – ultrapassou a marca de R$ 1 bilhão -, a obra está dentro do cronograma e deverá ser entregue no final de 2012. O estádio carioca provavelmente sediará a partida final da Copa do Mundo. A capital fluminense também receberá as Olimpíadas de 2016 e, para isso, deverá correr contra o tempo nas obras de mobilidade urbana e instalações esportivas.

São Paulo – SP

Após as ameaças ser excluída da Copa pela FIFA, a capital paulista finalmente equacionou a questão do estádio. O Itaquerão, localizado na Zona Leste, já está com as obras de terraplanagem e fundações em andamento. Com os incentivos fiscais de R$420 milhões concedidos pelo prefeito Gilberto Kassab, o Corinthians e a construtora Odebrecht finalmente assinaram o contrato de construção. A cidade de São Paulo já foi descartada como sede da Copa das Confederações, mas é muito provável que seja escolhida para a abertura do mundial. A decisão da FIFA deverá sair em outubro, quando a entidade máxima do futebol divulgar o calendário da competição.

Foto: cattias.photos, Ander Vaz, minplanpac no Flickr 

Autor: Caio Lima

Blogger na rede The Diktyo SL.

2 pensamentos em “Copa do Mundo de 2014 deverá impulsionar o setor do turismo”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *