Cosmopolita e diversificada, Nova York apaixona qualquer visitante

New York possei os arranha-céus mais altos do mundo

Quem compra uma passagem aérea para Nova York, está pagando para conhecer apenas uma cidade do mundo. Essa constatação parece óbvia, não fosse pelo fato da “Big Apple”, como também é apelidada pelos norte-americanos, abrigar pessoas vindas de várias partes do planeta. De um jeito ou de outro, os viajantes acabam conhecendo também vários outros lugares do mundo. Os cidadãos nova-iorquinos se misturam aos chineses, italianos, sul-africanos, egípcios, paquistaneses, brasileiros, japoneses, ingleses, porto-riquenhos, dentre outros. Nem mesmo a crise econômica de 2008 diminuiu o fluxo turístico da cidade. Somente naquele ano, Nova York recebeu cerca de 47 milhões de pessoas.

Nova York, a maior cidade dos Estados Unidos, está localizada no Nordeste do país, na costa do Oceano Atlântico. Com uma população de mais de oito milhões de habitantes, sua área metropolitana possui 19 milhões de pessoas, sendo a terceira maior aglomeração urbana das Américas. A cidade é dividida em cinco distritos: Bronx, Brooklyn, Staten Island, Queens e Manhattan, sendo que, esta última concentra as principais atrações turísticas de Nova York.

A metrópole abriga alguns dos maiores arranha-céus do mundo. O Edifício Empire State voltou a ser o maior da cidade após a extinção das Torres Gêmeas do World Trade Center, em 2001. Visitar o observatório do Empire State é um passeio imperdível, no qual o turista pode apreciar uma vista panorâmica que abrange até 130 quilômetros de extensão em dias ensolarados. Outro cartão nova-iorquino é o Chrysler Building, um prédio de arquitetura Art Déco famoso por aparecer em vários filmes que se passam na cidade. Patinar no gelo do inverno e conhecer a tradicional árvore de natal do Rockfeller Center é um programa que toda pessoa que visita a cidade no final do ano deve fazer. Essa tradição faz parte da identidade cultural de Nova York.

Cenário de vários filmes e seriados americanos conhecidos no mundo todo, o Central Park possui diversas atrações e áreas de recreação. O local é ponto de parada obrigatória para qualquer pessoa que conhece a “Big Apple”. Seja a pé, patinando, ou pedalando – É possível alugar bicicletas no Parque – o passeio pela maior área verde de Manhattan rende momentos agradáveis às pessoas.

A importância histórica da cidade no cenário internacional é o motivo pelo qual Nova York abriga o edifício da ONU (Organizações das Nações Unidas).  Situado no leste da ilha, o edifício teve o arquiteto brasileiro Oscar Niemeyer como um de seus projetistas.

A Times Square é formada pelo cruzamento da Broadway com a Sétima Avenida e é famosa pelos painéis luminosos dos prédios. O tradicional Reveillón da cidade acontece neste cartão postal nova-iorquino.  Mas o monumento que simboliza toda a nação estadunidense não está em Manhattan. A Estátua da Liberdade é, sem dúvida, um dos pontos turísticos mais famosos do mundo. Dada de presente ao povo americano pelos franceses, o monumento, no início, simbolizava a amizade entre os Estados Unidos e a França. Atualmente, também representa a liberdade e a democracia. Vale a pena conhecer a Estátua e toda essa história.

Nova York recebe vôos diretos vindos de várias partes do mundo, inclusive dos Aeroportos Internacionais de São Paulo e Rio de Janeiro, feitos por várias companhias aéreas. A gastronomia é diversificada, com influências de vários povos do mundo e a rede hoteleira possui opções que cabem em todos os bolsos.

Foto: kaysha no Flickr

Autor: Caio Lima

Blogger na rede The Diktyo SL.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *