O agito da Oktoberfest

Saiba mais sobre a festa da Oktoberfest

Tradicionalmente uma festa de origem alemã, a Oktoberfest  cresce mais a cada ano, ganha versões em diversos outros países e conquista cada vez mais visitantes.  Já existem edições do festival na Argentina, no Canadá, nos Estados Unidos, no Chile, na República Dominicana e, é claro, no Brasil.

A versão original da festa é celebrada em Munique, capital do estado da Baviera, no sul da Alemanha. Essa encantadora cidade, que destaca-se pelas suas lindas paisagens e diversos atrativos turísticos, é também a  terceira maior cidade alemã, atrás apenas de Berlim e Hamburgo. A Oktoberfest é celebrada entre os meses de Setembro e Outubro, começando sempre no primeiro sábado depois de 15 de Setembro. A duração do festival é de 16 a 18 dias e é a maior festa popular da Alemanha e uma das maiores do mundo; recebe anualmente mais de 6 milhões de visitantes.  Em 2012, a festa começará em 22 de Setembro e terminará em 7 de Outubro.

A primeira Oktoberfest aconteceu no ano de 1810, no período de 12 a 17 de Outubro e tinha como principal destaque a celebração do casamento do príncipe Luis I da Baviera (Ludwig) com a princesa  Therese von Sachsen-Hildburghausen. Desde então, a festa é celebrada anualmente e após algumas edições,  foi antecipada para setembro, a fim de aproveitar o clima e as boas temperaturas deste mês. A festa acontece em um campo de cerca de 46 hectares, conhecido como Theresienwiese, que situa-se nas proximidades do centro de Munique, a aproximadamente 10 ou 15 minutos caminhando a partir da estação central Hauptbanhof. Desta forma, a melhor maneira de chegar ao evento é caminhando ou, para os que estão hospedados um pouco mais distante do centro, outra opção é pegar o metrô e descer na estação Theresienwiese. O site oficial do festival oferece todas as informações necessárias sobre datas, preços, localização e horários.

Erdinger, a Cerveja de Munique
Erdinger, a Cerveja de Munique

Nesta festa o visitante pode (e deve!) apreciar as inúmeras opções de cervejas alemãs  e aproveitar a rica gastronomia da região. Dentro de cada Festhalle (tenda ou salão) são servidas também comidas típicas: frangos assados, salsichas de todos os tipos e outros pratos bávaros a base de carne de porco. De acordo com a página oficial do evento, os principais Stands da Oktoberfest correspondem, naturalmente, as 6 marcas de cervejas principais: Paulaner, Spaten, Hofbräu, Hacker-Pschorr, Augustiner e Löwenbräu. A parte de destacarem-se pela cerveja, cada um destes espaços caracteriza-se também pela música que toca em seu interior. Além destas, também são muito procuradas as seguintes tendas:  Schottenhamel Spaten e Hacker-Pschorr. Na primeira, bandas de rock exibem-se ao vivo nos fins de semana e mais de 10 mil pessoas cantam e dançam ao som de músicos muito animados. A segunda é também muito concorrida e tem as paredes completamente pintadas com cenas da vida em Munique no século passado. E como se tudo isso não fosse suficiente, o evento conta ainda com uma área de diversões para todos os gostos: gigantes montanhas-russas, casas de terror, carrosséis, labirintos de espelhos e muito mais.

Existem 3 momentos principais da festa. O primeiro é a chegada dos Wiesnwirte (anfitriões da Oktoberfest), desfile encabeçado pelo prefeito da cidade, seguido por carros puxados a cavalo trazendo barris de cerveja e acompanhados por músicos. É neste momento que considera-se a abertura oficial do evento. O segundo momento importante é quando o prefeito abre o primeiro barril de cerveja às doze horas em ponto. O terceiro destaque é o desfile de trajes tradicionais.  Uma curiosidade neste aspecto é que o verdadeiro traje típico do evento não é comercializado já a muito tempo, ele é passado exclusivamente de geração para geração e não pode ser lavado!

A fim de celebrar a cultura alemã (gastronomia, cerveja, música e tradição) hoje em dia, a festa é celebrada também em outros lugares. Versões da Oktoberfest acontecem também nos seguintes países:

  • Venezuela (Colonia Tovar)
  • Colômbia (município de Cajicá, próximo a Bogotá)
  • Chile (em Malloco, próximo a Santiago)
  • Argentina (Villa General Belgrano)
  • Equador (Quito)
  • Peru (Lima)
  • Republica Dominicana (Santiago de los Caballeros)
  • México (Cidade do México, Puebla de Zaragoza, Cuernavaca e Mazatlán)
  • Bélgica (Lieja)
  • Espanha (Barcelona, Alicante, Mallorca, Málaga, Madrid, Zaragoza)
  • Canadá (Kitchener)
  • Estados Unidos (Cincinnati)

No Brasil, a festa acontece em Blumenau, Santa Catarina e é consagrada como a segunda maior festa alemã do mundo. Sua primeira edição foi realizada em 1984 e logo mostrou que tinha potencial para entrar na história. Aproximadamente 102 mil pessoas visitaram o Pavilhão A da Proeb em somente 10 dias de festa. Vale ressaltar que este número equivalia a metade da população da cidade na época! No entanto, foi na terceira edição que o festival ganhou destaque: o sucesso da festa consolidou-se e foi necessária a construção de mais um pavilhão (além do segundo já construído para a segunda edição) e a utilização de um ginásio de esportes.

Desde então, o evento cresce demasiadamente e toma proporções inigualáveis. De acordo com a página oficial do evento blumenauense “a Oktoberfest de Blumenau ostenta um número admirável: em suas 26 edições mais de 17 milhões de pessoas passaram pelo Parque Vila Germânica. Isto significa que um público superior a 700 mil pessoas, em média, por ano, participou da festa desde a sua criação. O segredo para este sucesso é simples: a Oktoberfest de Blumenau é um produto que se mantém autêntico, preservando as tradições alemãs trazidas pelos colonizadores a 160 anos. E são as belezas desses traços que conquistaram o país inteiro”.

Apesar de ser um evento que celebra a cultura germânica, a cerveja é um dos destaques da festa e bastante apreciada pelos visitantes do evento. Atualmente são oferecidas cervejas artesanais, importadas, chopp oficial da Brahma e mais de 25 variedades de chopp e cerveja. De acordo com o site oficial, no ano de 1990, sétima edição da Oktoberfest blumenauense, foram consumidos 774.672 litros de chopp!

A edição de 2012 terá início em 10 de Outubro, às 22h, e contará com apresentações de grupos folclóricos, desfiles oficiais na Rua XV de Novembro com horários programados, competições para o Rei do Tiro organizadas pela Sociedade de Atiradores (Schützenvereine), concurso nacional de Chopp em metro, concurso para rainha da Oktoberfest e o chamado Bierwagen, que é um desfile diário com distribuição gratuita de chopp no centro da cidade, no período vespertino. E não podemos esquecer que quem usa o traje típico alemão tem entrada gratuita nos pavilhões da Vila Germânica.

Foto 1: sandik.ucoz.ua
Foto 3: Cambridge Brewing Co. no Flickr.

Autor: Jacqueline Michelleto

Profissional da área de Corporate Finance com experiência internacional.Mestre em Business Intelligence pelo INSA Business School – Barcelona / Espanha.Administradora de empresas

4 pensamentos em “O agito da Oktoberfest”

  1. Excelente explanaçâo e dicas sobre a Festivais que pretendo visitar…. Sabe que nem tinha tanto interesse mas com o teu texo me despertou a vontade de conhecer a cidade. Parabéns Jackeline ¡¡¡ Trabalho serio

  2. No ano passado eu fui ao festival de Catalunya a Oktberfest a Muniche e tem sido uma experiência extraordinária. Festico ambiente, comida, cerveja, música, um show que eu vou repetir mais um ano.
    Eu também estive em pousadas e tem sido muito econômico e fizeram muitos amigos. Eles foram muito limpos e um grande povo.E voi ao festival de Brasil outro ano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *