Paraíso do ecoturismo, Bertioga possui grandes áreas de natureza preservada

Bertioga é um paraíso

No limite entre os litorais norte e sul do estado de São Paulo, a cidade de Bertioga ostenta praias paradisíacas em meio à natureza preservada, rios e trilhas no meio da Mata Atlântica e a luxuosa Riviera de São Lourenço. A população deste município gira em torno de 50 mil pessoas, número que se multiplica durante a alta temporada de verão. Mas os melhores tesouros naturais de Bertioga estão nas águas claras e doces dos rios Itapanhaú e seu afluente, o Jaguareguava. A cidade está localizada a 60 km da capital paulista.

É possível navegar pelo Jaguareguava, que no idioma tupi-guarani significa “lugar onde a onça bebe água”. Esses felinos característicos da fauna brasileira aparecem com certa freqüência na região, além de várias espécies de peixes, aves e cágados. Cerca de 80% da fauna e flora de todo esse riquíssimo ecossistema está preservada. Pouco mais da metade de toda a área territorial do município encontra-se no Parque Estadual da Serra do Mar, uma floresta tropical de mata densa que compõe um dos principais biomas do Brasil, a Mata Atlântica. Isso tem sido um verdadeiro obstáculo para o processo de urbanização e ocupação da região. E essa vitória da mãe natureza garante o ecoturismo na cidade.

Nas águas do Itapanhaú, o visitante encontrará as balsas que conectam Bertioga à cidade vizinha de Guarujá. Próximo a esse trecho, a presença de caranguejos que habitam os manguezais atrai pequenas embarcações de pesca. Já para as pessoas que gostam de praia, Bertioga é o lugar certo. Não deixe de visitar Boracéia, na divisa com a cidade de São Sebastião. Quiosques e bares estão espalhados pelos cinco quilômetros de areia dessa praia. Surfistas costumam procurar as águas agitadas da região, propícias para a prática do esporte. Na luxuosa Riviera de São Lourenço, a praia de mesmo nome possui águas límpidas e cristalinas. A região do condomínio de alto padrão também oferece inúmeras opções de lazer e compras. Porém, a praia mais agitada e movimentada da cidade é a Enseada. Com seus 12 quilômetros de comprimento, ocupa vários bairros de Bertioga, incluindo o Centro.

Vale a pena conhecer também a Reserva dos Índios Guaranis, onde é possível entrar em contato com a cultura, religião e idioma dos primeiros habitantes do território brasileiro. O artesanato típico, com seus cestos, arcos e leques também merece destaque. Para visitar a reserva, o visitante deve se comprometer a respeitar as tradições locais e a natureza da região. O que não é difícil para quem pratica o ecoturismo nesse paraíso da mãe natureza.

Foto Bertioga: olhares.aeiou.pt

Autor: Caio Lima

Blogger na rede The Diktyo SL.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *