Quais são os países afetados pela pneumonia asiática?

Conheça os países afetados pela pneumonia asiática
Conheça os países afetados pela pneumonia asiática
A doença apresentou sua face no ano de 2003, quando foram contabilizadas mais de seis mil pessoas com pneumonia asiática em todo planeta Terra. Ao todo estão contabilizados números de suspeitos em quase trinta países. Epidemia que já matou quatrocentas pessoas de forma direta. Conheça as regiões afetadas e saiba qual é o melhor método contraceptivo contra a pneumonia asiática.

Nações com Pneumonia Asiática

A OMS afirma que os países asiáticos são os epicentros da doença. É possível dizer que estão no centro da epidemia, fator que justifica o nome popular conquistado pela doença. Interessante notar que o Canadá está entre as únicas nações fora da Ásia que apresentam forte nível de incidência da pneumonia asiática. Oceania, América do Sul e Europa tiveram casos suspeitos que ainda não foram confirmados.

Estão contraindicadas viagens para os seguintes locais:

  • China: Pequim, Guangdong e Shanxi
  • Hong Kong
  • Cingapura
  • Taiwan
  • Vietnã
  • Malásia
  • Filipinas
  • Tailândia
  • Canada (Toronto)

Vale ressaltar que existem países com suspeitas da doença:

  • Espanha
  • Suécia
  • Suíça
  • Índia
  • Estados Unidos
  • Inglaterra
  • França
  • Alemanha
  • Itália
  • Rússia
  • Romênia
  • Bulgária
  • Nepal

Pessoas que estão com viagem para alguns destes países precisam entrar no site da OMS e confirmar alertas de cancelamento com consequência da pneumonia asiática.

Principal método conceptivo

De acordo com a maioria dos especialistas que estuda a doença o melhor método contraceptivo contra a doença é desmarcar a viagem marcada aos locais que apresentaram incidência positiva. Isso acontece porque os cientistas ainda não descobriram a vacina contra este tipo de doença que caso não seja tratada a tempo pode causar a morte do infectado.

De qualquer forma as pessoas que não possuem chances de remarcação da viagem nas áreas afetas precisam levar alguns cuidados em consideração para não ficarem doentes. Conheça algumas dicas:

  • Manter boa higiene pessoal
  • Boa ventilação em locais fechados
  • Lave as mãos apenas com sabonetes líquidos
  • Utilize toalhas descartáveis compostas por papel
  • Use máscaras de pano no rosto para evitar a contração da doença ao andar pelas ruas das regiões afetadas
  • Evite andar pelos locais com grandes concentrações de pessoas

Fique atento aos sintomas em até dez dias após o retorno para casa. Neste link os internautas podem contar com a lista completa de cuidados em viagens internacionais de acordo com o Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos.

Atenção, a doença já matou quatrocentas e afetou seis mil pessoas ao redor do mundo.

Foto: alizul2.blogspot.com

Autor: Renato Duarte Plantier

Redator na rede de blogs The Diktyo SL. Coproprietário e Redator de blogs informativos em AsemioticanaWeb

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *