Vale a pena colocar plástico em sua bagagem?

É uma boa idéia para proteger os seus pertences da bagagem

Alguns viajantes que possuem disponibilidade financeira podem comprar malas de plásticos com bastante estilo e segurança, onde nenhum tipo de líquido pode entrar ou sair, mantendo toda integridade dos seus pertences sem nenhum risco de dano gerado por uma mera viagem. Entretanto, mesmo estes consumidores também devem separar as peças Continue lendo “Vale a pena colocar plástico em sua bagagem?”

O que fazer para bagagem de mão ser aprovada no check-in?

Bagagem de mão

Muitos passageiros que ambicionam viagens curtas almejam carregar sua própria bagagem com o intuito de ressaltar a segurança para com seus objetos pessoais. Entretanto, o mundo está bem perigoso, cheio de riscos de atentados que fazem os governos ficarem mais atentos para com os grandes volumes transportados nas mãos. Sem contar que o serviço aeroportuário nacional está péssimo, onde diversos tipos de problemas podem acontecer até mesmo com as bagagens. Economizar é essencial para a viagem perfeita. Veja como preparar a bagagem para ser aprovada no check-in e evite futuros transtornos.

Para quem vai viajar às grandes nações da Comunidade Europeia as medidas não devem ultrapassar a 45 cm de comprimento, 56 cm de largura e 25 cm de altura.

Já para voos nacionais ou para a América Latina são as espessuras não devem ultrapassar 115 cm na soma entre comprimento, largura e altura.

O limite para passageiros mais convencionais normalmente não pode exceder 23k enquanto que os de primeira classe encontram média de 30k para duas unidades portadas. Os valores podem ser alterados dependendo da empresa aérea ou regras da alfândega.

Simplifique o máximo possível. Deixe a nesta bagagem apenas as roupas essenciais junto com os documentos relacionados com o trabalho. Procure utilizar vestuários mais leves. Em ambiente com temperatura mais baixo é necessário levar menos vestuário para poder carregar as malas ao invés de enviá-las para o despacho.

Procure saber o que a empresa aérea não permite que seja embarcado antes de começar a fazer as malas, jamais arrisque, pois o risco de ficar antes do embarque é bastante evidente contemporaneamente.

Foto bagagem de mão: Dr John2005

Preparando as malas para viajar

Dicas para preparar sua bagagem para viajar

Fazer as malas para uma viagem, por mais curta que seja, pode ser uma dor de cabeça e tanto. Nunca temos certeza se falta alguma coisa ou se estamos exagerando. A bagagem a ser levada depende principalmente do destino, da época do ano e da finalidade da viagem. Listamos algumas dicas para você não se perder nesta hora.

Uma dica unânime entre as pessoas que vivem viajando a trabalho por períodos curtos é o tempo que se deve arrumar todo o aparato. Comece pelo menos cinco dias antes da data marcada de embarque. Assim você não esquecerá de colocar nada que seja importante dentro da mala. Nesse período você ainda poderá mandar lavar roupas que queira levar e estão sujas, consertar bolsas ou acessórios que precisem de reparo, comprar maquiagem ou itens de higiene para compor sua necessaire.

Faça um planejamento detalhado de sua viagem! Escreva o que fará em cada dia e período de sua viagem, bem como relacionando o quê deverá necessitar. Compre um Guia dos locais que irá visitar. Você irá aproveitar muito mais e levando apenas o necessário.

É bom você saber como é o clima do local para onde irá. Afinal isso vai priorizar o tipo de roupa que deverá ser colocada dentro da mala. Se for quente camisetas e roupas leves, assim como sandálias não podem faltar. Já se o clima for o friozinho jaquetas, casacos, meias e botas são itens necessários na hora de fazer a mala. Mas nunca se esquece que independente do lugar onde irá o clima pode variar, mesmo da manhã para noite, por isso vá sempre prevenido.

Comece a pensar a mala sempre a partir das peças íntimas, roupas de dormir e de banho, que são mais fáceis de resolver. Para o restante, conte o número de dias e calcule uma média de duas peças de cima para cada peça de baixo. Para o campo, às vezes é melhor contar um para um, se tiver muito passeio no mato ou passeio a cavalo.

Não leve roupas que você não costuma usar, pois podem acabar sobrando e ocupando o lugar de peças mais fáceis. Prefira peças que não amassam ou tecidos de fácil secagem, caso necessite lavá-las. Deixe separada a roupa completa do dia da viagem.

Escolha uma mala leve e que tenha divisões. As coloridas facilitam a identificação na esteira de bagagem, caso vá de avião. As malas molinhas de couro, de carregar na mão, são charmosas, mas as de rodinha funcionam melhor, principalmente em viagens aéreas.

Para arrumar a mala, comece pelas peças pesadas e evite dobrá-las muitas vezes. Não deixe nem um espaçozinho vazio, vá preenchendo cada cantinho com cuecas, meias ou acessórios – que podem ser protegidos por saquinhos finos de tecido.

Nas viagens de avião não são permitidos objetos pontiagudos nas bagagens de mão. Coloque, então, instrumentos de manicure ou canivetes na mala que será despachada. Evite viajar com acessórios de metal (colares, pulseiras, cintos, sapatos), pois dão um trabalhão diante do detector de metais.

Ainda no avião: guarde remédios, documentos e parte do dinheiro na bagagem de mão, que deve ser leve e caber no compartimento do avião. Não leve líquidos, nem comida. Atenção aos líquidos na mala: eles podem vazar. Embrulhe um a um se não quiser correr o risco de melar tudo no nécessaire.

Depois disso e só relaxar e aproveitar a viagem!

Foto: Didier Vidal no Flickr