As encenações da Paixão de Cristo em Nova Jerusalém

Fórum de pilatos em Nova Jerusalém

Existem 20 cidades no Estado de Pernambuco que promovem a emblemática peça “Paixão de Cristo”. O grande destaque teatral está em Nova Jerusalém, uma cidade-teatro localizada no interior da capital Recife. O Evento possui praticamente 60 anos, começou em 1951, mas vem desbancando alto público turístico desde 1968, quando a estrutura de fato foi construída e idealizada por Plínio Pacheco inspirado pelo patriarca Epaminondas Mendonça, que no inicio da década 50 promoveu o primeiro evento.

Sem dúvidas que a região mais procurada é a do Brejo da Mara de Deus, interior de Recife, onde está localizada a mundialmente conhecida Nova Jerusalém, uma cidade-teatro que possui um diâmetro de quase 70.000 metros quadrados (equivale a 1/3 do diâmetro da Jerusalém verdadeira) que se espalha para 100.00 metros quadrados, o maior do gênero teatral em céu aberto do mundo.

Não existem cadeiras e nem o glamour dos teatros fechados, o público fica de pé e acompanha toda movimentação da peça nos diversos cenários de Nova Jerusalém. De certo que seria impossível um espectador sentado ver toda a imensidão espacial. O espaço teatral cenográfico é cercado por uma enorme muralha de pedra que retrata muito bem as aldeias à época de Jesus na antiga Judéia. Existem sete portais presentes na estrutura que também é robusta pela presença de setenta torres de sete metros e pelo clima árido típico da antiga Judéia.

A sensação de estar voltando para mais de dois mil anos no tempo é realmente realçada com o movimento do público, simbolizando muito bem a imensa multidão que sempre segue Jesus nos grandes filmes épicos. A alta estrutura cenográfica e o vestuário dos personagens também são destacáveis. Todos os elementos da peça são misturados, sem dúvidas, um fato social singular em todo o mundo. Sem o público a peça não seria a mesma. São quase 2h30 de apresentação, a quantia do ingresso gira entre 50 e 80 reais.

A cultura cristã que traz encenações da vida de Cristo é natural em muitas cidades brasileiras. Porém, os números relacionados com a peça em Nova Jerusalém são destacáveis: 180 km do Recife, mais de três milhões de pessoas já assistiram a arte cênica que acontece desde 1968, quase 600 atores e figurantes, 860 refletores, quase 1000 peças de modelos de figurinos, moderna estrutura de sonoplastia, nove palco principais de extrema magnitude, luz e efeitos especiais, e, grandes artistas já renomados no mercado contracenando com os atores que em plenitude são trabalhadores comuns da região.

Foto: Marcio Cabral no Flickr

Autor: Renato Duarte Plantier

Redator na rede de blogs The Diktyo SL. Coproprietário e Redator de blogs informativos em AsemioticanaWeb

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.