Grécia, um destino cada vez mais barato

Ilha de Santorini na Grécia
Ilha de Santorini na Grécia

Crise econômica favorece pacotes, diminui preços de hotéis e proporciona a chance de visitar as cidades gregas com uma leva bem menor de turistas. Com a crise econômica na Grécia, está mais baratos para os brasileiros visitarem o país, afinal os preços nos hotéis e pacotes turísticos diminuíram, tornando mais fácil viajar.

De acordo com Eric Engelen, executivo da maior empresa grega de Turismo, a TourGreece , em entrevista à Folha de São Paulo disse que é o momento ideal para os turistas. A crise afeta mais quem vive no país, mas para quem está a passeio  devido a queda dos preços. Segundo o executivo, 80% dos hotéis estão com desconto e há até alguns que oferecem uma redução de 50% nas tarifas.

O turista que vai ao país tem pelo menos três tipos de perfil. Normalmente é um caso em lua de mel, jovens em busca de agitação e aqueles interessados mais aos pontos históricos. O bom da Grécia é que há várias opções para diferentes gostos.

 A ilha de Mykonos, por exemplo, é famosa pela vida noturna bem agitada, além de concentra uma grande comunidade gay. Nela há diversas opções de boates, restaurantes e bares, o que faz atrair principalmente um público mais jovens. Já as principais atrações da Ilha Santorini são paisagísticas, com suas belas praias e passeios de barco. Ideal para casais em busca de tranquilidade. E por final Atenas, centro histórico grego e mundialmente importante. Ruínas da antiga civilização grega são os maiores pontos de visitação e é o que mais movem o turismo no país.

Atenas é a cidade obrigatória no roteiro, pois ela foi o centro da civilização ocidental. As ruínas fazem parte da História e para quem é ligado a ela, é uma chance imperdível de conhecê-las de perto.

No alto da cidade, há a importantíssima Acrópole, que é o local onde está um complexo de palácios e tempos. A subida até lá é um pouco cansativa, mas vale a pena devido a chance de conhecer o templo de Atena, Erecteion e o teatro de Dionísio. E no final do percurso, o histórico templo de Partenon, que foi construído no ano de 447 antes de Cristo para a deusa Atena.

A companhia aérea Olympic Air sempre oferece passagens promocionais para as Ilhas Gregas. Para quem estiver em Atenas ou em outra cidade, pode optar por ir de ferry boat nas Ilhas Cyclades, por exemplo, onde a ilha Mykonos e Santorini estão localizadas.

Foto: Arian Zwegers no flickr

Ohio: Estado de Oportunidades

Cidade de Cincinnati
Cidade de Cincinnati

Ohio é um dos principais centros industriais dos EUA. Localizada na centro-oeste do país, a região mais industrializada dos EUA, tem como principal atividade econômica a manufatura e o turismo. Muito procurada para fazer compras, o estado virou referência em tecnologia e comércio. Terra natal de Thomas Eddison e outros nomes da ciência e tecnologia, Ohio se destaca em diversos setores. Vale a pena conhecer um pouco desta cidade que se tornou opção de turismo e de vida para muitos brasileiros. Saiba algumas cidades para conhecer na terra das oportunidades!

Cleveland – Sede do condado de Cuyahoga, Cleveland tem uma grande estrutura ferroviária e manufatureira. Apesar dos prédios altos, o movimento nas ruas é baixo, o que permite passeios diurnos. Destaque também na saúde, área de seguros e advocacia, a cidade que abriga dois grandes times de futebol americano, o ‘Cleveland Gladiators’ e o ‘Cleveland Browns’, é muito procurada por turistas cosmopolitas e fotógrafos urbanos. Conheça o Cleveland Museum of Art  e o Great Lakes Science Center! A vida noturna é bastante movimentada por lá!

Columbus – É a capital do Estado de Ohio e cidade mais populosa do estado. Columbus é muito procurada por estudantes de outras nacionalidades e pessoas que desejam oportunidades de emprego e habitação. A educação e o transporte são de nível altíssimo. Columbus possui universidades de porte que atraem  jovens que desejam seguir carreira tecnológica, área dos negócios e saúde.

Cincinnati – Sede do condado de Hamilton, Cincinnati é uma cidade divisa com Kentucky, as cidades estão separadas apenas pelo Rio Ohio. Cidade moderna, com alto índice de desenvolvimento humano, boa educação, transporte efetivo, Cincinnati é uma das cidades que atraem pela organização e estrutura.

Warren – Cidade charmosa recheada de museus, parques, centros esportivos e atividades turísticas. O frio em Warren não é tão intenso quanto nas outras cidades de Ohio, o que acaba sendo uma vantagem para os turistas. Sua estrutura hoteleira é muito boa. Não deixe de visitar o National Parkard Museum, o Trumbull Art Galery e o Packard Musichall. Visite Warren com tempo para explorar a cidade e se divertir muito!

Newark – Cidade bem estruturada, com bastante movimento industrial e turístico. Como todas as cidades de Ohio, Newark tem diversos passeios culturais e muita coisa acontecendo ao mesmo tempo. Para hospedagem, opte por hotéis mais em conta para aproveitar melhor os pontos turísticos e os parques espalhados pela cidade. Durante o dia, conheça as praças locais super charmosas.

Foto: Tropewell no flickr

Viaje para a Europa por muito menos

Ponte das Cadeias na Budapest
Ponte das Cadeias na Budapest

O continente europeu ainda é o foco turístico de muitos brasileiros, seja pela arquitetura, oportunidades, opções de compra ou paisagens de tirar o fôlego. O turismo na Europa ainda é para poucos por conta do altíssimo custo comparado á renda mensal do trabalhador brasileiro. Mas com um planejamento e uma boa planilha de gastos, é possível fazer a tão sonhada viagem. Confira algumas dicas para o seu dinheiro render mais e seu passeio ser inesquecível.

Planeje! – Monte uma planilha em seu computador e contabilize os gastos básicos. Corte tudo que considerar desnecessário. A ideia é gastar o mínimo possível.

Baixa Temporada – viajar em épocas onde o turismo não é tão intenso faz tudo ficar mais barato. Companhias aéreas oferecem pacotes, descontos, milhas, os hotéis tendem a reduzem as suas diárias em até trinta e cinco por cento. Parece pouco, mas no fim das contas, você pode ter uma economia de até cinquenta por cento em sua viagem. Além de poder aproveitas os pontos turísticos com mais calma pois não estarão lotados nem intransitáveis.

Baixa do Euro – A moeda européia costuma ser cara, mas não desanime, aproveite as épocas do ano em que o euro está mais barato e veja se cabe no seu orçamento. O planejamento é de extrema importância. A idéia é que você tenha um montante de dinheiro prévio para gastar apenas com a viagem. Economize mês a mês e verá a mágica acontecer daqui a um tempo. Comece economizando pelo menos um ano antes.

Albergues – Parece bobagem mas a grande maioria dos turistas dão preferência aos albergues. Eles oferecem o necessário e são incrivelmente mais baratos que um hotel comum. Suas acomodações costumam ser bem simples mas você só irá utiliza-lo para dormir e tomar café da manhã. Durante o dia, explore a cidade, fotografe, conheça restaurantes e praças. Se o albergue escolhido der opção de refeição, vale a pena pagar alguns euros a mais, afinal, restaurantes custam bem mais.

Parceiro de Viagem – Uma dica ótima para quem quer economizar na viagem é ter um amigo ou parente para dividir as despesas. Realmente o custo de uma viagem internacional é pesado, mas se tiver alguém com quem dividir, fica tudo mais fácil, por exemplo, alguns restaurantes oferecem descontos para grupos. Veja se seus amigos também não gostariam de fazer uma viagem para Europa e se estão dispostos a rachar a conta. A ideia é ter boa companhia e gastar ainda menos.

Foto: lugaresquever.blogspot.com.es