Cidades Serranas do Rio de Janeiro

A cidade imperial da Petrópolis
A cidade imperial da Petrópolis

O Rio de Janeiro, segunda cidade mais populosa do Brasil e principal centro cultural do país, é também a cidade ‘cartão postal’ .Não é a toa que o turismo carioca é famoso mundialmente, não só pelos eventos de grande porte sediados no local, mas também por belezas naturais fantásticas e muita diversidade cultural. Mas nem só de praia, futebol e samba vive o carioca. As cidades serranas são uma ótima pedida para fugir da selva urbana sem pegar um bronzeado. Confira os locais aconchegantes que fazem a cabeça dos turistas o ano inteiro.

Penedo – Parque Ecológico do município de Itatiaia localizado na região Sul do estado do Rio de Janeiro. É a única colônia finlandesa no Brasil. Destaca-se pela arquitetura marcante de residências e edifícios comerciais, além da cultura local. Pousadas rústicas, challets, clima ameno, Penedo é uma cidade charmosa para quem gosta de fotografar e observar a natureza. O local conta com uma extensa rede de hotéis, restaurantes, lanchonetes e bares.

Nova Friburgo – Clima tropical com invernos frios e secos e verões úmidos. Lumiar e São Pedro da Serra, distritos do município de Friburgo, tem paisagens naturais famosas. Nova Friburgo tem a principal rede hoteleira do interior do estado do Rio de Janeiro. Não deixe de conhecer o Pavilhão das Artes, o maior teleférico de cadeiras do país, o evento Nova Friburgo Country Clube, o Encontro dos Rios e a Praça do Suspiro.

Parati – Município do litoral oeste do estado do Rio de Janeiro abriga tanto a parte mais pedregosa e afastada como a Pedra do Índio e a Praia do Cachadaço, em Trindade quando o ponto cultural no Parque Nacional da Bocaina. Na cidade, o turista pode se deparar com casas históricas, calçadas de pedra, resquícios do tempo imperial e inúmeras lojas de artesanato e museus. Os veículos são proibidos de trafegar no local. As praias de Trindade são uma atração a parte. É ideal para passeios de barco devido a tranquilidade das águas.

Petrópolis – A cidade imperial possui um clima de montanha delicioso. Atualmente é um ótimo polo comercial mas continua sendo historicamente relevante com monumentos como o Museu Imperial , Palácio Rio Negro, Casa do Santos Dummont , relógio de sol e o Palácio de Cristal. A economia de Petrópolis, embora esteja em expansão comercial, ainda está baseada no turismo, motivo pelo qual, os investimentos da cidade se voltam para a rede de hotéis e manutenção dos patrimônios históricos. Vale a pena uma visita.

Leia mais:
Clima europeu na regiao serrana do Rio

Foto: elblogdemiguelfernandez.wordpress.com

Autor: Bruna Fernandes

Graduada em Comunicação Social - Habilitação Jornalismo pela Universidade Castelo Branco.Formada em Inglês pela Escola de Idiomas Wizard.Resenhista.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.