Cubanos turistas?

O regime castrista estuda a possibilidade de sair de Cuba como turista

A ilha de Cuba já não é mais a mesma, as mudanças estão ficando cada vez mais explícitas. Se ontem estava autorizada a venda de celulares, hoje o governo já estuda a possibilidade de conceder à população a possibilidade de sair da ilha como turistas. Os cânones dizem que a pressão do povo cubano está aumentando a cada momento, onde o Estado comunista certamente necessita conceder algumas concessões para que a situação política não corra abalo neste processo de tentativa de redemocratização. Governo cubano planeja conceder autorização para que a população possa viajar como turista.

A lei ainda não está formalizada, mais tem tudo para ser aprovada ainda este ano pelo Congresso cubano. Esta medida está inclusa no Plano de Medidas que foi elaborado no ano passado e divulgado em 2011. As portas do mundo estão ficando maiores aos populares.

Depois de muito tempo após a Revolução Cubana esta medida está sendo estudada, Ela foi colocada em prática há mais de 50 anos, quando Cuba e Estados Unidos travavam combates históricos no auge da Guerra Fria.

Apenas pessoas jurídicas destacáveis ou atletas conseguem autorização à saída do país. Sendo que muitos acabam não voltando e são considerados refugiados, procurados mundo a fora. O prazo de validade do alvará para viajar é válido somente por trinta dias, sendo que o cidadão tem que pagar o equivalente a R$1.000, um valor bastante caro se comparado com a renda média dos cubanos.

Em abril deste ano o sexto congresso do Partido Comunista aprovou 313 medidas, sendo que uma delas é a Lei discutida neste artigo. Existem diversas normas que almejam estimular a economia da ilha ao passo que algumas medidas deixam os cidadãos mais livres com relação aos seus atos e liberdade de ir e vir.

A concessão às cooperativas privadas também estão sendo estudadas, aguardadas com bastante ansiedade pela população uma vez que estas vão possuir o caráter de microempresas, sendo que muitas trabalharão exclusivamente para o setor turístico, uma excelente perspectiva futura para os serviços oferecidos aos futuros visitantes da ilha mais famosa do mundo.

O planeta somente saberá mais claramente as regras quando a nova Lei for posta oficialmente em prática pela Assembleia Nacional de Cuba.

Posição americana: Os norte-americanos ainda não pronunciaram oficialmente, porém alguns críticos dizem que o governo estadunidense está bastante preocupado com o óbito do dissidente político, Juan Alfredo Sotto, suspeitamente morto depois de maus tratos policiais ocorridos com a conivência do presidente Raul Castro.

Leia mais:

Construções históricas de Havana guardam a história da Revolução cubana

Foto: Twicepix no Flick

Autor: Renato Duarte Plantier

Redator na rede de blogs The Diktyo SL. Coproprietário e Redator de blogs informativos em AsemioticanaWeb

2 comentários em “Cubanos turistas?”

  1. Esse cara não sabe nada de Cuba e é um mentiroso, equivocado e mal intencionado…outra coisa o presidente de Cuba se chama Raul Castro…..

    1. Olá,
      pelo que reparei, o nome do presidente está correto no texto.
      Outra coisa, as informações foram todas apuradas nos grandes jornais.
      Se Cuba se divulgasse melhor para o mundo, talvez daria para fazer o artigo com outra visão editorial.
      Obrigado por ter consumido nosso texto informativo!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.