Dicas de viagem: cuidados ao fazer a mala

Confira algumas dicas para fazer a mala
Confira algumas dicas para fazer a mala

Viajar requer planejamento e com uma certa antecedência. Reserva de hotel, compra de passagens, troca de moeda, montar o roteiro e principalmente fazer a mala, que sempre toma pelo menos um pouco de tempo. Inicialmente, uma coisa que parece simples requer atenção, afinal há algumas proibições do que não se pode levar ao exterior e trazer do país de destino ao Brasil. Confira algumas dicas.

Ao preparar a mala é necessário ter atenção a objetos cortantes como tesouras e pinças. Eles devem ser despachado juntos com a mala e não pode embarcar junto com o passageiro no avião. A mesma coisa acontece com produtos líquidos de mais de 100 ml. Em viagens internacionais é proíbido entrar na aeronave com uma quantidade maior que essa, a solução é sempre despachar junto com a bagaguem para evitar qualquer dor de cabeça.

Quem estiver embarcando com animais domésticos, devem colocá-los naquelas bagagens próprias para animais e também despachar junto com o resto da bagagem. Já quem estiver com animais silvestres sem um guia de trânsito, que é fornecido pelo próprio Ministério do Meio Ambiente, não pode embarcar. Também é proibido levar peles e couros de répteis ou anfíbios para o exterior.

Na viagem de volta ao Brasil o passageiro também deve prestar atenção, afinal certos produtos não são liberados na entrada do país como cigarros de marca que não sejam comercializados no território nacional, além de animais silvestres que não estejam acompanhados com uma licença experdida pelo próprio Ministério do Meio Ambiente, junto com um parecer técnico. Os bens trazidos no retorno do país podem ser apreendidos pela Aduana e dependendo do caso o passageiro pode ser preso pelas autoridades brasileiras, além de ser processado.

Para os gastos de bens comprados em outros países há um limite de US$ 500 para que a compra não seja tributada. Se o valor for maior, o passageiro terá que pagar que pagar uma taxa. E após desembarcar no país, é permitido gastar mais de US$ 500 no duty free com isenção de tributos.

No site da Receita Federal há uma lista completa do que não pode levar ao exterior e trazer de uma viagem internacional. Também estão listados os limites de produtos comprados em free shops, como 24 unidades de bebidas alcoólicsa, 20 maços de cigarros entre outras mercadorias.

Confira também no Viagem Hoje dicas de onde comprar malas resistentes para a viagem e as melhores marcas.

Foto: marycarmenm no flickr

Autor: Mariana Valle

Blogger na rede The Diktyo SL.Cursando Comunicação Social - Jornalismo na UFRJ.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.