Durban é um paraíso para surfistas que visitam a África do Sul

Praias de Durban são famosas por suas ondas fortes

A terceira maior cidade da África do Sul em número de habitantes é também um grande reduto de indianos, reunindo a maior colônia hindu fora da Índia. Localizada na província de KwaZulu-Natal, na costa do Oceano Índico, Durban possui uma população de cerca de 2,8 milhões de habitantes. Ganhou mais destaque no turismo internacional após ter sido uma das cidades sede da Copa do Mundo FIFA 2010. Para o evento, foi construído, no local do antigo Kings Park, um novo estádio de futebol, o Moses Mabhida, inaugurado no final de 2009 e com capacidade aproximada para 70.000 pessoas.

Mais da metade dos moradores são da etnia zulu, que convivem pacificamente com brancos e mestiços, após o Apartheid, um triste histórico de segregação étnica que marcou a África do Sul durante o século XX.

O clima ensolarado durante a maior parte do ano na cidade litorânea proporciona ótimas ondas apropriadas para os surfistas. Os amantes do esporte radical também contam com a vantagem de que em Golden Mile, uma das mais badaladas regiões de Durban, está instalado a maior parte da infra-estrutura hoteleira e os restaurantes.
Na praia de Marine Parade, existe um parque de diversões para crianças e também um teleférico, que proporciona uma ótima visão orla. Para quem não sabe surfar, a dica é escolher se vai tomar banho de mar ou de piscina, já que existem várias em frente ao Parque Temático que são gratuitas e abertas ao público. Do local, é possível ver os surfistas encarando as ondas do Oceano Índico.

O Mercado Vitória é um local muito freqüentado pelos visitantes. Localizado no centro de Durban, o estabelecimento conta com mais de 170 barracas que vendem produtos artesanais, roupas e temperos da África do Sul e de vários lugares da Ásia, especialmente a Índia. É recomendável pechinchar antes de comprar qualquer coisa, já que os vendedores cobram mais caro quando percebem que o turista não é sul-africano. No Herbal Market, é possível entrar em contato com a cultura sul-africana ancestral por meio das inúmeras espécies de ervas comercializadas no local.

A vida cultural da cidade também se destaca pela Galeria de Arte de Durban, onde os visitantes podem conhecer cerâmicas, pinturas e bordados. O artesanato africano típico foi reconhecido como arte legítima pela primeira vez nos anos 1970, quando essas exposições foram abertas ao público na galeria. É recomendável também conhecer o Killie Campbell Africana Museum e a região portuária de Durban Harbour, onde as pessoas podem observar o entra e sai de navios, dos restaurantes com vista para o mar. O Porto é o mais movimentado da África do Sul. Há um parque aquático nas proximidades do local.

Foto: VSmithUK no Flickr

Autor: Caio Lima

Blogger na rede The Diktyo SL.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.