Forró agarradinho em dunas de areia, isto é Itanúnas

A praia das Dunas é a mais visitada

Imagine um lugar paradisíaco, considerado uma mistura eclética de composições naturais. Uma porção de areia tão grande e cristalina que o azul do mar é apenas um mero coadjuvante nesta visão deslumbrante. Os Bancos de Areia alcançam os Bancos de Rocha no alto do mar. Os manguezais, repleto de belezas silvestres, estão cercados por pequenos rios.  Aqui, é muito fácil encontrar qualquer grande porção de terra arenosa entre as lagoas e o mar.

Todas estas paisagens misturadas com o som do mais puro forró pé de serra. Diversos jovens dispostos, a gastar, o dia e noite, dançando forró, com todas as pessoas possíveis. Forró, ritmo quente, os corpos ficam extremamente colados. Podemos ouvir a respiração e sentir o batimento do coração de quem está dançando conosco, realmente é um sentimento diferente. Esta dança, misturada com a beleza singular paradisíaca das paisagens naturais do local, forma, o significado de Itaúnas.

São 30 quilômetros de praia. A Praia das Dunas é a mais freqüentada. As dunas de areia possuem quase um quilômetro de comprimento e trinta metros de altura. Elas surgiram quando montanhas de areia com quase trinta metros de altura engoliram a Vila dos moradores. Porém, eles reconstruíram a Vila, no outro lado do Rio Itaúnas. A Vila principal está localizada perto da Praia das Dunas, à 23 quilômetros da cidade de Vitória, dentro do município de Conceição da Barra, Espírito Santo.

Desfrute das paisagens e do autêntico forró pé de serra. Até mesmo no carnaval, a tradição é mantida, sempre forró. O Buraco do Tatu é uma casa de forró local que fica do lado da Vila das Dunas.  Eles fizeram uma super programação de forró em pleno carnaval, trazendo diversos Trios conhecidos no Brasil inteiro, como o Trio Virgulino e o Trio Nordestino. Detalhe, cinco noites de festa por cinquenta reais. Tudo em Itaúnas é muito barato!

Os melhores períodos para encontrar festivais de forró em Itaúnas são: Temporadas de férias escolares, Carnaval, Réveillon, entre outros períodos de paradas coletivas. Não perca a oportunidade de dançar forró agarradinho, descalço nas areias das deslumbrantes dunas de Itaunas, uma incrível zona de areia em pleno campo rural.

 

Foto: Rodrigo Sampaio Teixeira no Flickr

Autor: Renato Duarte Plantier

Redator na rede de blogs The Diktyo SL. Coproprietário e Redator de blogs informativos em AsemioticanaWeb

6 comentários em “Forró agarradinho em dunas de areia, isto é Itanúnas”

  1. Renato estas praias parecem um paraíso. Será que ele, na província de Natal? No mês de agosto é considerado uma boa época para visitar?, Muito obrigado para o artigo

    1. Cara Raquel, muito obrigado por ter lido um de nosso textos informativos. Não entendi muito bem a primeira pergunta, porém vale ressaltar que Natal, Rio Grande do Norte, é bem distante de Itaúnas, Espirito Santo, localizado no Município de Conceição da Barra. Porém, é interessante notar que entre os 1900 km de distância entre os dois pontos está localizada a costa leste brasileira. Ou seja, se você descer de Natal até Itaunas, encontrará praticamente todo o litoral brasileiro, interessante não?
      Com relação a segunda pergunta, depende do seu objetivo no lugar. Se você quiser ir para deslumbrar as paisagens em um passeio tranquilo a dois, agosto é ótimo. Agora, se o intuito são os grandes festivais de forros ou o agito do lugar, recomendo ir de Outubro à Fevereiro.
      Espero ter ajudado, qualquer dúvida estamos inteiramente à dispósição. Muito obrigado.

  2. Olá Renato, puxa vida, a tua escrita é o que eu chamo de “musical”. Não conheço a região, mas consegui me “ver” em Itaúna! Realmente deu vontade de conhecer. Ainda mais que, sendo eu do sul e o tempo por aqui já começou a esfriar, lendo o artigo consegui “sentir” o sol escaldante deste lugar. Muito bom!
    Miriam

    1. Cara colega Miriam, fico muito agradecido. O intuito foi demontrar um pouco do encanto do local que está muitíssimo além do artigo, as dunas são naturalmente indescritíveis. Nunca conheci uma pessoa que foi para lá e que não tenha se supreendido positivamente em diversos sentidos.
      Muito obrigado!

  3. Olá, não sou muito fan do forró, porém fiquei com gostinho de “quero mais” sobre o lugar. Obrigada por compartilhar informação. Agora sei onde será minha próxima parada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *