França: Oportunidade de Aperfeiçoamento Profissional

Saiba as vantagens de estudar na França
Saiba as vantagens de estudar na França

O Intercâmbio é uma das experiências mais enriquecedoras para jovens que desejam ampliar horizontes. O que muita gente não sabe é que a França oferece melhores condições para intercambistas do que os EUA. O país é disputado por estudantes do mundo inteiro, principalmente dos setores de moda, hotelaria, arte, design e gastronomia. Famosa por sua atmosfera clássica e charmosa, restaurantes, perfumarias e landscapes de tirar o fôlego, a França tem investido, e muito, no setor de educação e centros culturais que incentivam a miscigenação de culturas e promovem a inserção de estudantes estrangeiros nas instituições de ensino superior. O único grande empecilho pode ser a língua, afinal os franceses não aceitam bem outros idiomas, mas quem disse que você não pode fazer um curso por lá durante o intercâmbio?

Algumas agências de intercâmbio e turismo oferecem cursos de francês com duração de até três meses. Principalmente para quem quer dar um ‘up’ na língua mas não têm como encaixar o curso no dia-a-dia. Afinal, além de conhecer novos lugares e culturas, você aprenderá muita coisa na prática, utilizando o idioma e se divertindo ao mesmo tempo. Os cursos costumam oferecer salas com turmas bem diversificadas e professores bastante qualificados. Além de um material bem interativo.

Algumas agências oferecem um pacote de ‘Au Pair’, ou seja, você fica hospedado em uma casa de família e suas despesas com transporte para o curso de francês é por conta da família. Você receberá um salário mensal ou quinzenal para cuidar das crianças da casa e aprenderá francês convivendo com nativos.

A França recebe todos os anos, uma quantidade muito grande de estudantes de outros países, o que é bom para a diversidade cultural e aprendizado em si. Algumas empresas oferecem intercâmbios com despesas pagas para cursos de aperfeiçoamento e treinamento mas estas vagas são bastante específicas, se você trabalha em uma multinacional e deseja fazer um aperfeiçoamento por lá, converse com seu chefe. As empresas costumam custear toda a viagem, inclusive o transporte, alimentação e hospedagem.

Se você deseja fazer uma graduação, o país possui dois sistemas de ensino: as universidades públicas que oferecem em sua maioria, aulas mais teóricas com duração por volta de três anos e as ‘grand écoles’, que são particulares e oferecem aulas  práticas e processos de inserção no mercado de trabalho mais intensivos e eficazes. O candidato passa um por um processo de admissão e escolhe a área desejada. Depois de se decidir, é só fazer as malas e aproveitar!

Foto: Terrazzo no flickr

Autor: Bruna Fernandes

Graduada em Comunicação Social - Habilitação Jornalismo pela Universidade Castelo Branco.Formada em Inglês pela Escola de Idiomas Wizard.Resenhista.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *