Frankfurt, mais do que apenas um centro financeiro

Imagem da cidade de Frankfurt à noite

Embora não esteja incluída no roteiro de boa parte dos turistas que visitam a Europa, Frankfurt  am Main (ou simplesmente Frankfurt) recebe muitas pessoas que fazem conexão pelo aeroporto da cidade, o segundo maior do continente. Apenas visitantes de passagem. Mas, ao contrário do que muita gente pensa, Frankfurt não é apenas um dos principais centros financeiros da Europa Ocidental e, portanto, somente um pólo de turismo de negócios. A metrópole também oferece uma vida cultural agitada e muitas opções de lazer e boemia. E é justamente por isso que a dica é permanecer por alguns dias na cidade. Vale a pena!

Frankfurt está localizada no centro oeste da Alemanha, a 420 km de Berlim, a capital. Maior cidade do estado alemão de Hessen e quinta maior do país, é também carinhosamente conhecida como a “menor metrópole do mundo”. O apelido se deve ao fato de Frankfurt am Main ser um dos maiores centros financeiros da Alemanha, que mesmo com os edifícios grandiosos e o agito, consegue preservar o clima de cidade pequena e pacata. Os índices de qualidade de vida nesse lugar são ótimos, assim como no resto do país.

Dentre os vários arranha-céus de Frankfurt, vale destacar a Euro Tower, sede do Banco Central da União Européia. O poderio econômico da cidade também aparece no prédio da Bolsa de Valores de Frankfurt, – a quarta maior do mundo – a Deutsche Bank e os mais de trezentos bancos nacionais e internacionais ali sediados. A região central da cidade também é conhecida como “Mainhattan” – mistura de Main (nome do principal rio que atravessa a área urbana) com Manhattan. A paisagem repleta de edifícios modernos não é muito diferente da encontrada na cidade de Nova York, o que justifica o apelido. Dois dos maiores arranha-céus da Europa estão situados em Frankfurt: o Commerzbank Tower, de 259 metros, e a Messe Turm, de 257 metros. Ambos são cartões postais da cidade. Levando tudo isso em conta, dá para imaginar que a cidade estava praticamente destruída após a Segunda Guerra Mundial?

A região também abriga várias construções históricas que convivem harmoniosamente com a modernidade. Ao visitar o centro histórico, não deixe de tirar uma foto na Igreja de São Paulo (Paulskirche), na Câmara Municipal (Romer) e a Catedral (Dom). O local é repleto de edificações no legítimo estilo germânico.  A Ópera de Frankfurt é outro lugar de interesse que merece uma visita. Nesse local, chegam a se apresentar mais de 25 obras a cada temporada. Isso tudo porque a cidade possui apenas 660 mil habitantes. Mas a vida cultural da cidade não termina por aqui. Frankfurt sedia a maior Feira Internacional do Livro do Mundo. Somente na área central da cidade, existem mais de 50 museus e galerias de exposição, dentre eles o Salão de Arte Schirn. Frankfurt também possui muitos bares e casas noturnas para garantir a agitação da vida noturna. A infra-instrutora hoteleira, de transportes e de restaurantes é grande e eficiente.

Boa viagem!

Foto: Yon Garin no Flickr

Autor: Caio Lima

Blogger na rede The Diktyo SL.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *