Glamour imperial desde 1843: Bem vindo à Petrópolis

Palácio de Cristal, Petrópolis

Fundada em 16 de Março de 1843 pelo então Imperador Dom Pedro II, Petrópolis é uma cidade cuja importância histórica ultrapassa todas as barreiras do tempo. O município de pouco mais de 290 mil habitantes está localizado na região da serrana do Rio de Janeiro, sendo um dos principais destinos turísticos do estado fluminense. A pequena distância até a Cidade Maravilhosa – Petrópolis está a apenas uma hora de viagem – fez com que o local se tornasse a moradia de muitos personagens importantes da história do Brasil, como Ruy Barbosa, Santos Dumont, Barão de Mauá, Osvaldo Cruz, além da própria família real. O clima mais ameno do alto da serra– são 800 metros acima do nível do mar – sempre atraiu essas personalidades para a região serrana do Rio. A própria corte portuguesa, acostumada com o frio europeu, recorria à Petrópolis para se livrar das altas temperaturas do Rio de Janeiro. Não é à toa que Petrópolis também é conhecida nacionalmente como a “Cidade Imperial”.

Petrópolis começou a ser construída a partir dos anos 1840, sob o comando do mordomo da Casa Imperial, Paulo Barbosa da Silva, e do engenheiro alemão Júlio Frederico Koeler. A mão de obra européia foi muito usada na época, com destaque para os imigrantes alemães. Desde então, o lugar serviu como estância de verão para boa parte dos presidentes brasileiros ao longo dos séculos XIX e XX. Petrópolis só começou a perder influência política quando o Rio de Janeiro deixou de ser a capital do Brasil, perdendo o posto para a cidade de Brasília.

A herança daquele período está preservada em diversos pontos turísticos da cidade, como a Catedral São Pedro de Alcântara, cuja fachada foi construída em estilo neogótico, além do famoso Palácio de Cristal. Não deixe de visitar também o Museu Imperial, instalado num edifício de arquitetura neoclássica, cujo acervo é o maior do Brasil no que se refere à história do período do Império, principalmente do Segundo Reinado. O preço da entrada custa R$8,00. Estudantes, professores e idosos com mais de 60 anos pagam apenas a metade desse valor.

Além da importância histórica desse município fluminense, outro atrativo que merece destaque é a natureza exuberante da região. Petrópolis está cercada de Mata Atlântica, sendo que é possível tomar banho de cachoeira, praticar esportes radicais e fazer caminhadas no Parque Municipal de Petrópolis e no Parque Nacional da Serra dos Órgãos, ambos localizados nos arredores da cidade. Ou seja, sempre que possível, vale a pena estender o passeio do Rio de Janeiro para a região serrana do estado.

Foto Palacio Cristal, Petrópolis: Rodrigo_Soldon no Flickr

Autor: Caio Lima

Blogger na rede The Diktyo SL.

Um comentário em “Glamour imperial desde 1843: Bem vindo à Petrópolis”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.