Guarujá, a Pérola do Atlântico

Guarujá

A Ilha de Santo Amaro, localizada no centro do litoral do estado de São Paulo, abriga o belíssimo município do Guarujá. Uma curiosidade sobre este lugar está na geografia, que segue um contorno de dragão no mapa. Esta ilha no formato do animal mitológico possui 143 km2 e está repleta de muita badalação, trilhas de ecoturismo e construções históricas. Isso tudo sem mencionar as praias paradisíacas, algumas urbanizadas e outras selvagens, cujo acesso se dá apenas por trilhas no meio da Mata Atlântica. A “Pérola do Atlântico”, como também é conhecida a cidade, oferece aos turistas locais apropriados para a pesca artesanal, que pode ser praticada em diversas praias do município.

Famoso balneário de luxo nas décadas de 1960 e 1970, o Guarujá começou a perder seu público para as praias de águas cristalinas do litoral norte do estado. Problemas sociais típicos das médias e grandes cidades brasileiras, como favelas e violência, começaram a aparecer no município. Porém, quando o dragão começou a se revitalizar, a coisa melhorou bastante na cidade. As vias de acesso para as praias foram ampliadas e melhoradas, obras no setor de saneamento básico ampliaram o grau de balneabilidade das praias, a orla central foi modificada e atraiu novos estabelecimentos comerciais por meio de políticas de incentivo, etc.

Na orla central da ilha, localizada na “barriga do dragão”, está concentrada a maior oferta de restaurantes, casas noturnas badaladas e bares. A grande aglomeração de turistas nessa parte da cidade se deve também aos festivais de música e gastronomia que acontecem ao longo do ano. Já para as pessoas que curtem um ambiente mais sossegado, a dica é procuras as praias do “rabo” do dragão. As areias claras e o mar azulado dessa região atraem turistas mais alternativos. Na Prainha Branca, no extremo nordeste da ilha, o clima de paz é regra. Próxima da balsa que dá acesso à vizinha Bertioga, o turista pode fazer uma trilha pela mata fechada da Serra do Guararú. Já na região sudoeste da ilha, também conhecida como “Cabeça do Dragão”, existem inúmeras prainhas desertas que nem mesmo a maioria da população do Guarujá conhece.

O acesso ao município é por meio da balsa que liga o bairro da Ponta da Praia, em Santos, ao Guarujá. É possível chegar ao Guarujá também pela rodovia Cônego Domenico Rangoni, que percorre a área continental do município de Santos e chega à ilha através da Ponte Monte Cabrão, no canal de Bertioga.

Foto Guarujá: paquetesabrasil.net

Autor: Caio Lima

Blogger na rede The Diktyo SL.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.