Índice turístico do Brasil por vias de acesso

Brasil é o principal destino turístico na América do Sul

O índice do turismo receptivo brasileiro está aumentando no que tange a chegada de turistas por vias de acesso. Em 2010 o valor foi de 5.161.379 turistas embarcados em terras nacionais. Houve um aumento para mais de 200 mil pessoas se for levado em conta o dado computado em 2009, com 4.802.217 estrangeiros em terras tropicais.

As condições do clima, a procura de uma nova vida trabalhista, o baixo custo de vida, o ecoturismo com suas as belezas naturais e o contato direito com os descendentes são grandes razões do aumento estatístico. Os números são divulgados pelo Anuário Estatístico de Turismo, Volume 38, ano base de 2010, documento ligado à Secretária Nacional de Políticas de Turismo.

Apesar do caos que vivemos nos aeroportos nacionais, a maioria dos turistas englobados na pesquisa quantitativa utilizou transporte aéreo, são 3.609.979 passageiros, um aumento de mais de 250 mil pessoas se for levado em conta à contabilidade do Anuário de 2009 que possui uma marcação de 3.348.906.

Os meses que contaram com maior número de fluxo de turistas que desembarcam de avião foram: março como uma variação de 358.038 (2009) para 362.756 (2010); novembro com 292.835 (2009) / 329.763 (2010); e dezembro com uma variável de 261.766 (2009) e 388.813 (2010). Pode-se dizer que o americano é o povo que mais voa para cá (571.365, 2009 e 611.386, 2010), estando acima até mesmo da Argentina no que tange ao rumo com transportes aéreos (567.868 em 2010).

Porém, se fomos levar em conta todos os tipos de transportes e vias de acesso, os argentinos são disparados os estrangeiros que mais visitam o país com quase um milhão e meio de pessoas. Os americanos estão na segunda posição com 641.377. Certamente que o Brasil é o principal roteiro turístico dos argentinos. A título de informação vale notar que os países da América do Sul são os que mais visitam o Brasil com 2.384.186 visitas somente no ano passado, seguidos da Europa (1.614.864) e América do Norte (734.998).

Existem outras variações destacáveis nas diversas vias de acesso. O número de turistas de todo o mundo que chega de navio diminuiu de 115.705 (2008) para 114.894 (2010); fruto do descaso governamental no que tange a investimentos em infra-estrutura para turismo marítimo que só cresce mesmo entre brasileiros e argentino. Em contra partida a chegada de turistas estrangeiros via terrestre aumentou quase em 150 mil pessoas, atingindo o destacável número de 1.400.483 no ano de 2010.

Foto: Yvon no Flickr

Autor: Renato Duarte Plantier

Redator na rede de blogs The Diktyo SL. Coproprietário e Redator de blogs informativos em AsemioticanaWeb

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.