Monte Verde, um charme nas montanhas mineiras

Uma das muitas pousadas de Monte Verde

Se Campos do Jordão é a Suíça do estado de São Paulo, Monte Verde é a de Minas Gerais. Aliás, ambos os lugares ficam próximos um do outro, na região da Serra da Mantiqueira. Monte Verde trata-se, na verdade, de um distrito turístico pertencente ao município de Camanducaia, no extremo sul mineiro. O charmoso vilarejo, cuja população é de aproximadamente 5000 habitantes, dispõe de cerca de 120 hotéis e pousadas com capacidade para acomodar 8000 visitantes. A época do ano mais recomendada para se visitar Monte Verde é durante o inverno, quando o frio de montanha – o vilarejo fica a mais de 1500 metros de altitude – predomina em toda a região serrana. Apesar disso, nada impede que o local seja visitado em outras épocas do ano. O clima romântico é propício para casais em lua de mel e as opções de diversão também atraem famílias e grupos de amigos.

A primeira dica aos viajantes que chegam a Monte Verde é parar no portal da vila e procurar a sede da Associação de Hotéis e Pousadas para se orientar sobre hospedagem e roteiros de passeio. Alternativas de lazer são coisas que não faltam nesse lugar, onde é possível praticar montanhismo, caminhada em trilhas no meio da mata, rafting, trecking, paintball etc. Não deixe de se aventurar na pista de patinação no gelo, uma das principais atrações de Monte Verde. O local é fechado e funciona durante o ano inteiro. Dentre as trilhas para os mais aventureiros, destaque para a Pedra Redonda e Pedra Partida, ambas com incríveis vistas panorâmicas em seus topos. Mas é no Pico do Selado, o mais alto de Monte Verde, que as pessoas podem deixar suas marcas. Porém, para escrever uma mensagem no livro do cume, é necessário ser escalador. Apenas esses esportistas podem subir ao topo do cume, por questão de segurança. Outras trilhas que levam a pontos altos da cidade são a do Chapéu do Bispo e o Platô. Vale lembrar que é necessário carregar na mala protetor solar, repelente e roupas mais pesadas.

As belíssimas casas em estilo europeu e os bons restaurantes de comida mineira são atrações a parte. Aliás, como em todas as boas estâncias de inverno, a gastronomia é um ponto forte. No caso de Monte Verde, existem inúmeras opções de queijos, licores, doces, fondues e vinhos. Pratos à base de truta, pratos italianos e a comida mineira tradicional – feita em fornos à lenha – também estão bastantes presentes nos restaurantes locais. Ou seja, Monte Verde é, de fato, um destino irresistível!

Foto pousada Monte Verde: tripadvisor.com.ar

Autor: Caio Lima

Blogger na rede The Diktyo SL.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.