O que há de melhor em Toscana

Torre de Pisa

A região da Toscana é uma das mais visitadas na Itália. Florença é uma das principais cidades da região. Mas há muito mais que isso. Cidades menores como Pisa, Scansano e Volterra apresentam um forte turismo histórico e culturla, e os visitantes podem conhecer um pouco mais do país. Degustação de vinhos, igrejas e uma boa comida é o que há de melhor no roteiro.

Quem for a cidade Pisa, deve conhecer a Torre de Pisa, cartão-postal da cidade. Construída em 1177, sob solo arenoso, a estrutura passou a inclinar, e é um dos pontos turísticos mais importantes da região. A Pizza Duomo é outro ponto turístico da cidade. Na praça há vários prédios históricos que estão na lista de patrimônios da Unesco.

Para desgustar um bom vinho, a cidade de Scansano é uma das mais indicadas. Nela é fabricado o famoso vinho Morelino di Scansano. Há construções dos séculos XV e XVI, como o Palazzo Vaccarecci que sempre estão nos roteiros turísticos. Montalcino é outro local onde há um grande produção de vinho, no caso o Brunello. É também um ótimo lugar para curtir jazz. Em julho, ocorre todo ano o festival Jazz & Wine.

E para conhecer um pouco da história da região, a cidade de Volterra possui uma bela arquitetura medival, com suas construções históricas preservadas.  Outra opção é a cidade de Arezzo, que foi  praticamente destruída na Segunda Guerra Mundial.  Atualmente, é uma das cidades mais ricas de Toscana devido a produção de joias. As igrejas de San Francesco e a Pizza Grande possue afrescos que são a maior atração do local.

Outra cidade que vale a pena ser visitada é Cortona. Ela foi o cenário para as gravações do filme Sob o sol de Toscana. Além de ser um local tranquilo e ter uma linda laisagem, foi onde viveu o Frei Angelico, no século XIV, e o artista Luca Signorelli.

Quando ir:

A melhor época é de abril a outubro, pois o tempo está mais ameno podendo, então, fazer os passeios pela cidade. Também é período ideal para conhecer as vinículas e desgutar vinho.

Como ir:

Não há um voo direto para essas cidades. Companhias como a TAM realizam viagens até Roma. De lá o ideal seria pegar um voo nacional, ou um ônibus para uma dessas na região da Toscana.

Visto:

Brasileiros com permanência de até 3 meses no país, não precisam de visto.

Foto: pricklysarah no Flickr

Autor: Mariana Valle

Blogger na rede The Diktyo SL.Cursando Comunicação Social - Jornalismo na UFRJ.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.