Ondas radicais em Boiçucanga, adrenalina pura na surfboard

Praia de Boiçucanga

A praia de Boiçuanga está localizada na costa sul a 29 km do centro da magnífica cidade de São Sebastião, litoral de São Paulo. O local é muito visitado por diversos tipos de turistas, inclusive surfistas experientes que avidamente buscam ondas rápidas, fortes, perigosas, enfim radicais. A praia de Mareias, referência mundial do surf brasileiro, é próxima do local, fator que auxilia no fluxo de pessoas à região. Quem busca excelentes pores-do-sol, paisagens naturais extasiantes através de diversas trilhas silvestres, ou, contato direto com natureza praieira, este também é o pico certo.

Existem dois tipos de acessos para Boiçucanga, utilizando barco ou caminhando através da trilha. A primeira opção não deixa o turista direto à praia, mas sim no outside, atrás da rebentação. Ou seja, é necessário nadar até a beirada. Quem almeja permanecer no local ou ir surfar deve trazer os acessórios ou mantimentos dentro de uma mochila à prova d’água.

Já a longa trilha se torna árdua por se tratar de subida na maior parte. O tempo de percurso pode chegar à até 3h, aproximados 2 km de distância. A areia é grossa e o caminho íngreme.  Em contra partida a visão é admirável, possui um robusto traço de vegetação silvestre cercada, bem caracterizada pela natureza robusta, silvestre e selvagem da Mata Atlântica. As ricas faunas e floras do local são de tirar o fôlego. A cachoeira possui água cristalina que cristaliza o relevo areado misturada com terra. Há mata de restinga e de encosta.

A ondulação é formada com os ventos gerados no oceano, ocorridos a alguns quilômetros da costa. Ela se choca nos grandes fundos de areia grossa e rochosa, o que ajuda no dinamismo e agilidade do efeito da onda que caminha para superfície da praia. As ondulações se completam de acordo com o apontamento cardial da ilha.

É muito empolgante estar no meio da floresta a poucos quilômetros de um admirável e encantador ponto natural atlântico. Um lugar bem visitado na região é o pequeno riacho que atravessa a praia, vive com surfistas que possuem imensa vontade de acampar na região que é de mata fechada e proíbe acampamento devido a problemas de poluição humana já deflagrada no lugar.

Pode-se dizer que o centro da região é a principal rota de serviços do eixo-sul do município inteiro. O espaço comercial é muitíssimo estruturado e possui excelência nos serviços gastronômicos e nas instalações de pousadas. Todo o tipo de comercio é encontrado, desde caixas eletrônicos até serviços governamentais realizados na própria subprefeitura.

No canto da praia está localizada a maior parte dos vilarejos de pescadores que mantém a profissão tradicionalmente, seguindo várias gerações – é um dos cenários naturais mais encantadores no que tange a vista dos pores-do-sol que se mistura com a paisagem rústica do lugar.

Autor: Renato Duarte Plantier

Redator na rede de blogs The Diktyo SL. Coproprietário e Redator de blogs informativos em AsemioticanaWeb

Um comentário em “Ondas radicais em Boiçucanga, adrenalina pura na surfboard”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *