Vacinas para viajar

Conheça as vacinas necessárias para ir viajar
Conheça as vacinas necessárias para ir viajar

Pode-se dizer que não existe uma lista precisa sobre quais são as vacinas necessárias para ir viajar. Com o passar do tempo às doenças mudam em diferentes regiões do mundo. Turistas precisam ter em mente que se faz preciso saber desta informação antes de confirmar a compra da viajem nas agências turísticas. A vacina representa principal método para os visitantes não contraírem doenças espalhadas não somente pelo Brasil como também ao redor do mundo. Jamais se esqueça de que a saúde precisa estar em primeiro lugar.

Aspectos Gerais

De acordo com o Ministério da Saúde que viaja para qualquer país estrangeiro precisa tomar a vacina que combate a Influenza. Os turistas ainda precisam da precaução contra incidências das Hepatites A e B.

Quem viaja ao norte do Brasil, ou para qualquer país da América do Sul, necessita tomar no mínimo a vacina contra febre amarela antes de dez dias da data oficial de partir ao estrangeiro. Necessário consultar as informações adicionais do país de destino dentro da zona continental, visto que as variações bacterinas acontecem em ritmo acelerado.

Interessado em partir ao continente africano ou asiático precisam de proteção contra a febre tifoide. Atenção! Dependendo do local de visita nestes continentes se faz necessário ainda tomar a vacina contra a cólera, no prazo de pelo menos oito dias antes de sair do Brasil.

Atenção com a Pneumonia Asiática

A doença apresentou sua face no ano de 2003, quando foram contabilizadas mais de seis mil pessoas com pneumonia asiática em todo planeta Terra. Ao todo estão contabilizados números de suspeitos em quase trinta países. Epidemia que já matou quatrocentas pessoas de forma direta.

De acordo com a maioria dos especialistas que estuda a doença o melhor método contraceptivo contra a doença é desmarcar a viagem marcada aos locais que apresentaram incidência positiva. Isso acontece porque os cientistas ainda não descobriram a vacina contra este tipo de doença que caso não seja tratada a tempo pode causar a morte.

Quais são os países com a doença?

É possível dizer que os países asiáticos estão no centro da epidemia, fator que justifica o nome popular conquistado pela doença. Interessante notar que o Canadá está entre as únicas nações fora da Ásia que apresentam forte nível de incidência da pneumonia asiática. Oceania, América do Sul e Europa tiveram casos suspeitos que ainda não foram confirmados. Interessados podem consultar a lista completa no site oficial da OMS (Organização Mundial da Saúde).

Foto: compostura.wordpress.com

Dicas de viagem para a terceira idade

Aproveitar a aposentadoria para conhecer o mundo
Aproveitar a aposentadoria para conhecer o mundo
Conhecer novas culturas e paisagens pelo mundo pode ser uma ótima forma de aproveitar a aposentadoria. Mas antes de viajar é preciso ficar atento a alguns detalhes que poderão fazer grande diferença na qualidade do roteiro – e das lembranças – se você já entrou na terceira idade. Confira.

Viajar é inerente a qualquer idade. Mesmo se estiver na terceira idade,  não deixe planejar a sua viagem e realizar os sonhos. Só lembre-se de quem está na cidade precisa de uma atenção a mais na hora de escolher o destino, fazer a mala e o que fazer durante o passeio, justamente para evitar problemas e preservar o estado físico para evitar mal estar. Confira algumas dicas.

Quando viajar, escolha ir em grupo. É a opção mais segura e ideal para quem está nessa faixa etária. Não só pela segurança de ter alguém perto por questões de mobilidade e memória, é uma ótima oportunidade de conhecer novas pessoas.

Opte por um roteiro tranquilo. Viagens curtas para lugares mais distantes ou mesmo muitas cidades em um curto período de tempo não valem a pena, e acaba sendo cansativo. Uma viagem de cinco dias pela China ou 5 países em 10 dias não são ideais pelo pouco tempo de passeio. Um roteiro mais tranquilo ou com mais dias de viagem vale mais a pena.

A Europa é um ótimo destino. O velho continente tem um rico roteiro histórico e cultural pelos países. A Itália, por exemplo, é uma boa opção e um dos principais destinos de quem vai à Europa, além da França e Inglaterra.

Se escolher uma viagem que tenha guia, não o perca de vista. Afinal é muito fácil de se perder em lugares cheios ou mesmo perder a noção de tempo dentro de uma loja e se desencontrar com ele depois. Preste sempre atenção para evitar se separar do grupo em que está.

Se fizer uso de remédios, não esqueça de levá-los para a viagem, juntos com a receita médica. Se for líquido com mais de 100 ml, o medicamento deve ser despachado junto com a mala. Caso contrário e se for necessário tomá-lo ainda no avião, certifique-se que esteja junto com a bagagem de mão.

Durante a viagem sempre escolha por opções de locomoção mais confortáveis e meios que não sejam cansativos, como ônibus para o deslocamento entre cidades muito distantes. No caso o ideal seria avião ou trem. Quando mais evitar situações que possam comprometer o estado físico, mais disposição terá durante a viagem.

Por fim, não esqueça de levar roupas confortáveis independentemente do lugar que for. Chinelos, tênis e roupas mais largas são essenciais para relaxar e para serem usadas durante a viagem. Quanto mais conforto buscar melhor, assim poderá aproveitar ainda mais o roteiro.

Foto: weblog.infopraca.pl

Dicas para viagens em cachoeira

Brasil, o país com maior número de cachoeiras do mundo
Brasil, o país com maior número de cachoeiras do mundo
Brasil é o país com maior número de cachoeiras do mundo. Florestas tropicais juntos com as extensões de rios formam cenários encantadores que atraem não somente turistas brasileiros como também dos lugares mais remotos do planeta Terra. Porém, para que o lazer não vire dor de cabeça se faz necessário tomar alguns cuidados. Conheça dicas para viagens às cachoeiras.

Proteção: Tenha cuidado com a pele. Repelente e protetor solar são dois itens que não podem faltar na mochila das pessoas que estão indo para as cachoeiras, seja para passar algumas horas ou longas temporadas. Os restos de comida não podem ser jogados na mata, mas sim adicionados nos em caixas de plástico. Quem tem dinheiro sobrando não precisa perder tempo cozinhando quando estão indo para regiões famosas, repletas de opções para fazer alimentação no entorno.

Existem itens que jamais devem ser levados:

  • Garrafa de vidros, mesmo caso sejam descartáveis
  • Equipamentos movidos à base de eletricidade
  • Alimentos enlatados
  • Calçados novos e não apropriados
  • Lâminas grandes (facas e facões); Leve apenas um canivete de porte pequeno

Planejamento: O primeiro passo está no contato direto com a administração da área natural antes de começar a arrumar as malas. Existem locais em que está proibida a presença de seres humano. Em outras, entradas de veículos motorizados estão proibidos por causa do alto risco de mudar o comportamento natural dos nichos ecológicos, qualidade do solo e da atmosfera.

Fique atento com as condições climáticas que existem na região. A previsão do tempo se faz necessário para que a chuva não torne o caminho escorregadio. Também pode prejudicar os planos de acampamentos, caso exista possibilidade de fazer a instalação turística. Se informe antes de utilizar motos ou veículos motorizados, na maior parte das vezes a realização da trilha à cachoeira precisa ser feita a pé.

Jamais faça fogueiras

Fazer fogueiras consiste no pior erro que os visitantes podem cometer. O fogo representa veneno danoso ao solo, sem contar que podem gerar incêndios de proporções consideráveis. Iluminação necessita ser feita com lanterna, ao passo que para cozinhar se faz necessário o uso do fogareiro portátil. Utilize equipamentos a gás, visto que a querosene quando derramada no solo causa grande danos. Enfim, todos os cuidados com a natureza e ecossistemas são bem vindos.

Regra da roupa

É necessário estar com o menor peso possível. Ao caminhar utilize tecidos leves, calças compridas e bermudas. Porém, se está com plano de passar a noite ou explorar alguma caverna é necessário levar roupas de frio, mesmo em épocas de temperaturas quentes.

Leia mais:

Foto: paulotesserolli.blogspot.com