Warning: call_user_func_array() expects parameter 1 to be a valid callback, class 'adsenseib30_textInHome' not found in /home/customer/www/viagemhoje.com/public_html/wp-includes/class-wp-hook.php on line 307

Conheça o Museu do Computador

Museo do Computador em São Paulo
Museo do Computador em São Paulo
Situado em São Paulo está o Museu do Computador, maior centro cultural brasileiro incumbido em preservar e restaurar material relacionado com a informática. Não se pode ignorar o fato dos projetos liderados pela instituição que visam fazer recolhimento de peças usadas, encaminhando para novas fabricações a serem distribuídas para a população carente ou à reciclagem.

É possível dizem que o principal idealizador do projeto foi José Carlos Valle. O engenheiro tem reconhecimento em nível nacional por ter sido pioneiro de diversos projetos. Na década de 80 do século passado o autor abriu a primeira empresa no Brasil especialista em manutenção de computadores. A vida de Carlos Valle foi baseada nos contatos com grandes empresas de porte mundial, como a IBM.

A ideia de fazer um museu do gênero surgiu no COMDEX 1998, quando José Carlos Valle percebeu que em consequência da evolução rápida dentro do setor as memórias dos modelos passados estavam sumindo da memória dos encontros de especialistas em informática. Foi neste momento que surgiu a ideia de fundar o Museu do Computador, pensamento que culminou na criação do primeiro centro cultural especializado em mostras do gênero no Brasil.

Logo de início, Valle conseguiu juntar peças interessantes e mainframes IBM considerados raros. O espaço para reunir as peças ficou escasso e por consequência foi necessário procurar outra estrutura física no intuito de deixar as mostras espaçosas e confortáveis entre os visitantes.  O museu conseguiu conquistar espaço relativo em Interlagos, bairro nobre situado na zona Sul da capital paulista.

A primeira exposição em nível nacional aconteceu com a COMDEX 1999, fato que culminou de forma direta com a divulgação do projeto idealizado por Valle. O público ficou satisfeito, o que representou ponto positivo, visto que grande parte dos visitantes foi de especialistas de longa data nas áreas computacionais. Após a realização do evento a criação de José Carlos Valle ganhou título de único museu na América Latina que traz como tema o respectivo assunto.

Com ajuda de organizações privadas e do setor público o projeto cresceu em níveis consideráveis, se tornando referência nacional dentro do respectivo assunto. O objetivo principal consiste em demonstrar para o maior número de pessoas possível os traços que marcaram a memória do computador no Brasil e mundo. Explicações concedidas com formatos simples e diretos.

Aos poucos as mostras do Museu foram ganhando prestígio em nível nacional por causa da qualidade dos eventos preparados para fascinar as pessoas, principalmente com o número do acervo, visto que o computador é considerado invenção nova pelo senso comum.

Foto: lespetiteschosessimples.blogspot.com

Museu do Ipiranga

Museu do Ipiranga

O Museu do Ipiranga abriga diversas obras, artefatos e documentos que explicitam não apenas parte da história de São Paulo como também do país inteiro. Nenhuma outra estrutura cultural possui tamanha quantidade de acervo sobre a Independência do Brasil. Firma acordos com museus europeus, localizados principalmente em Portugal, no intuito de trocar informações e objetos de valor para enriquecer as culturas dos dois países. No entorno do palácio que carrega as exposições há área verde misturada com arquitetura renascentista. Conheça o museu do Ipiranga!

Representa a maior parte da estrutura do Parque da Independência. Palácio principal tem objetos comuns ou obras ligadas ao movimento que trouxe liberdade à pátria.  Há também variedades históricas feitas na pós-independência que homenageiam esta respectiva data.

Visitantes precisam dispor de pequenos valores financeiros para realizarem visitação. Entrada gratuita nos feriados. No Museu do Ipiranga fica explícito em quanto o povo paulista foi importante na luta pela construção do ideal de nação independente.

“Independência ou morte”

Construído às margens do Rio Ipiranga (hoje em dia completamente poluído e cercado por vias públicas), local onde Don Pedro Proclamou a independência brasileira, encerrando ciclo colonial que durou quase 400 anos.

Fundado no ano de 1895 depois que o engenheiro italiano Tommaso Gaudenzio Bezzi encerrou projeto que havia começado por volta de 1864. Em 1920, o alemão Reinaldo Dierberger idealizou toda estrutura do paisagismo que permanece até os dias atuais.

As escadarias do museu representa atração à parte, estruturadas segundo representação do rio Tietê no momento em que os bandeirantes adentraram ao país. Existem estátuas de personalidades como Borba Gato, Anhanguera, Antônio Raposo Tavares, Fernão Diais, D. Pedro, entre outras. 

Quadro pintado a óleo por Pedro Américo, em 1888, chamado de “O Grito do Ipiranga” representa acervo mais conhecido do museu. Atualmente são quase 130 mil artigos datados do séc. 16 até o séc. 20. Ao longo dos anos as coleções passaram por séries de modificação.

Também foram incentivadas restaurações que não modificaram a estrutura inicial do palácio principal que possui 123X16 metros. Os traços relembram claramente a estética renascentista principalmente nos ornamentos. Foi empregada técnica de alvenaria em tijolos cerâmicos enquanto que no país inteiro ainda se construía utilizando taipa de pilão.

O Museu se encontra na lista de tombamento do IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional). Palácio possui média de 500 mil visitantes por ano.

Nos feriados da Independência do País há inúmeras atrações promovidas pelo Museu. Shows de bandas famosas atraem multidões no entorno do palácio principal.

Outros museus
Centro Cultural São Paulo
Museu da Língua Portuguesa

Foto: tempointegral.wordpress.com

Centro Cultural São Paulo

Centro Cultural Vergueiro / São Paulo

O Centro Cultural Vergueiro / São Paulo está no topo da lista entre as casas culturais com maior infraestrutura não somente aos visitantes como também para os artistas que se apresentam ou expõem obras de artes de valor incomensurável. Quem quer conhecer características sobre a cultura urbana paulistana encontra neste o local certo para estar atualizado. Mesmo na parte externa existe amplo espaço para realizar atividades em conjunto de cunho pessoal. Conheça o Centro Cultural Vergueiro.

Composição do Centro Cultural de São Paulo

Instituição pública ligada na Secretária Municipal de Cultura de São Paulo. Reúne: Cinema, teatro, palcos, cursos, exposições, bibliotecas, coleções literárias do Mário Andrade, discoteca Oneyda Alvarenga e a Pinacoteca Municipal – com quase seis mil itens relacionados com arte nacional e internacional, do séc. 17 até a atualidade.

As amostras rotativas são apresentadas no “Gabinete de Papel” e na “Sala Tarsila de Amaral”. Especialistas em cultura paulistana acreditam que este representa o principal centro cultural de toda capital.

Um pouco de história

Com a chegada do metrô em meados da década de 70 do século passado foi aproveitado o espaço para desenvolvimento do Centro. Projeto inicial visava construir zonas comerciais e biblioteca pública para desenvolver a região que hoje em dia está cercada por grandes prédios residências, comerciais e acadêmicos. No entanto, com os novos planos restou apenas concentrar junto ao centro a Biblioteca Mário de Andrade.

Em 1976 foi aberta concorrência pública para selecionar os arquitetos responsáveis pelo projeto. Porém, após três anos representantes do governo notaram que o espaço reservado era muito grande para abrigar apenas coleções de livros dispostas de forma ordenada.

Momento no qual foi implantada a ideia de transformar a zona reservada interligada ao metro em Centro Cultural similar ao Centro George Pompidou situado em solo francês fundando no ano de 1977.

A construção liderada por Eurico Prado Lopes e Luiz Telles durou entre 1978 e 1982. Atualmente o Centro comemora trinta anos de existência e conta com agenda cultural especial para diferentes tipos de faixas etárias.

Épocas atuais!

Visitantes não pagam nada para adentar ao local. No entanto, alguns shows ou exposições podem demandar disposição de quantia financeira. Alguns estudantes se reúnem nas mesas situadas na parte exterior do Centro para estudarem, conversarem, jogarem jogos, entre outras atividades.

Piso superior é descoberto e traz gramado no qual os visitantes podem se acomodar sem maiores problemas. O Centro Cultual SP está localizado na Rua Vergueiro, São Paulo, Brasil, ao lado do metrô Vergueiro.

Foto: botequimdodesign.wordpress.com