Warning: call_user_func_array() expects parameter 1 to be a valid callback, class 'adsenseib30_textInHome' not found in /home/customer/www/viagemhoje.com/public_html/wp-includes/class-wp-hook.php on line 307

Quanto custa o passeio em Keukenhof?

Keukenhof, o maior jardim do mundo
Keukenhof, o maior jardim do mundo
Keukenhof – Amsterdã – Holanda. Conhecida por ser o maior jardim do mundo, com milhões de espécies plantadas o ano inteiro. Dentro da Europa é a área botânica mais visitada e conhecida pelos amantes de espécies florais. Conheça os preços da visita e serviços oferecidos pela local que representa visita indispensável para quem está na capital holandesa.

Preços em Keukenhof

Quem deseja chegar ao local com facilidade pode fazer o acesso entre as estações de Haarlem ou Leiden. Aberto quase todos os dias do ano. Melhor período para fazer a visitação está entre o início de março e meados de maio. São diversos restaurantes que oferecem regimes especiais para grupos distintos.

Entrada

  • Adultos: £15 por pessoa
  • Crianças: £10 por pessoa

Adicionais

  • Estacionamento: £6 por veículo. Locais com sinalizações claras e amplo espaço
  • Passeio de Barco: £8 por pessoa

O florescimento do Parque depende das condições climáticas. Visitantes recebem um mapa completo sobre como fazer todos os trajetos com tranquilidade, sem risco de se perder. Este guia representa um tipo de publicação que pode ser guardado como forma de recordação da visita a este local composto por natureza exótica. A edição conta com informações preciosas sobre todos os aspectos presentes no entorno do local. Lembrança útil e ao mesmo tempo bonita. Também traz informações sobre eventos e shows.

Em 1949 o jardim foi fundado pela prefeitura da pequena cidade de Lisse. A principal incumbência foi fazer mostras de flores correntes não somente em todo país como por toda zona continental. No ano de 2012 foram plantadas mais de sete milhões de jacintos, narcisos e tulipas. Também estão presentes as principais espécies encontradas nos Países Baixos.

No mês de outubro costuma trazer muitos especialistas para o Mercado Anual de Flor Bulbo. Em termos gerais existem diversos eventos por anos, sem contar com a série de atividades disponibilizadas aos visitantes: Visitas com guias, voos em campos de flores, passeios de bicicleta e passeios silenciosos nos campos de flores.

Eleito por diversas revistas especializadas com o título de jardim mais bonito do mundo. São trinta e dois hectares de terra compostos por mil e seiscentas variedades de flores. Estimativas oficiais indicam que sete mil quilos de sementes são plantados anualmente. Palco interessante para quem gosta de andar a meio de milhões de espécies florais, visto que existem quinze quilômetros somente de trilhas.

Maiores informações:

  • TEL: +31 (0) 252 465 537
  • E-mail: sales@keukenhof.nl
  • Clique aqui e acesse o site oficial

Foto: evris28 no flickr

Canais de Amsterdã e centro histórico são os principais atrativos de Amsterdã

Barcos em Amsterdã

Conhecida mundialmente pelos inúmeros canais, Amsterdã já recebeu o apelido de Veneza do Norte. É impossível ir à capital da Holanda sem fazer um tour nas embarcações típicas, com toda a segurança, conforto e serviço de bar a bordo. A maior parte desses canais foi construída entre os séculos XII e XIII, o que torna os passeios de barco uma verdadeira aula de história. A cidade tem vocação portuária e foi construída a partir do comércio marítimo. Os canais do Centro histórico, construídos em formato de semicírculo, são cercados de prédios bem preservados, construídos entre os séculos XV e XVIII. São mais de sete mil construções históricas nessa região da capital. Vale à pena visitar a Central Station, a Sinagoga Esnoga, o Palácio Real (Koninnklijk Paleis) e a Praça Dam. O Distrito de Red Lights, no centro, é uma zona de prostituição onde o sexo é pago e legalizado, sendo um local muito visitado.

Outra curiosidade de Amsterdã que chama a atenção dos turistas são as pessoas que moram em barcos. Há aproximadamente 80 barcos-casas espalhados pela cidade, com as famílias vivendo com todo o conforto e requinte a bordo. Os famosos diques de contenção das águas do mar também estão presentes na paisagem da cidade. Cerca de 40% do território holandês está abaixo do nível do mar e precisam ser protegidas das inundações.

Amsterdã possui cerca de 760 mil habitantes, sendo um dos principais centros financeiros da Europa. Vários arranha-céus modernos estão surgindo no Distrito de Zuidas, um bairro que concentra várias empresas nacionais e multinacionais. A Bolsa de Valores da cidade é a mais antiga do mundo e está localizada no Centro.

A capital dos Países Baixos possui alguns museus famosos no mundo inteiro que atraem vários turistas, dentre eles o Museu Rijksmuseum, o Museu Van Gogh, a Casa Rembrandt e o Museu de Cera Madame Tussaud de Amsterdã. Mas é no Museu Anne Frank que os visitantes se arrepiam ao entrar em contato com a história do anti-semitismo da Segunda Guerra Mundial. O acervo conta a história de Anne Frank, uma adolescente que viveu escondida por dois anos num pequeno cômodo de uma casa para fugir da perseguição nazista. Em 1944, Anne foi encontrada e levada para o Campo de Concentração de Auschwitz, onde foi assassinada. O diário escrito pela jovem durante o tempo em que ficou escondida foi encontrado depois, traduzido para vários idiomas e vendido no mundo inteiro.

Outro Museu que também atrai moradores e turistas de vários lugares é o Hash Marijuana and Hemp Museum – Museu da Maconha, do Haxixe e do Cânhamo. A instituição recebe mais de 100 mil visitantes por ano e conta a história milenar do uso da planta, seja para fins medicinais, recreativos e comerciais. Aliás, a Holanda é conhecida no mundo inteiro por tolerar legalmente o consumo da droga. Amsterdã é repleta de coffe shops onde a venda e o uso da Cannabis são permitidos. E nada disso impede que a capital holandesa seja um lugar tranqüilo e seguro para qualquer pessoa que a visita.

Foto: dranidis no Flickr