Warning: call_user_func_array() expects parameter 1 to be a valid callback, class 'adsenseib30_textInHome' not found in /home/customer/www/viagemhoje.com/public_html/wp-includes/class-wp-hook.php on line 307

Índia: um belo país com contrastes

 

Confira algumas dicas para viajar na India
Confira algumas dicas para viajar na India

Índia é um dos destinos exóticos mais famosos. É um país rico culturamente que oferece um roteiro turístico para vários pontos históricos e religiosos, mas que possui muitos contrastes socialmente e economicamente muito visíveis nas ruas. Confira algumas dicas de como deixar a viagem mais tranquila e agradável.

Um dos problemas na Índia é a falta de saneamento básico. Muitos turistas sofrem com diarreia e infecções ao tomarem água contaminada. Para evitar tais problemas, o ideal é beber água engarrafada. Sempre confira se está lacrada antes de consumi-la. Outra questão importante são os transportes, principalmente o táxi. Sempre confira se o lugar que o motorista o deixou foi o desejado, pois eles têm o hábito de levar os turistas a lugares que eles acham que eles gostariam de ir, e não necessariamente ao lugar que pediram.

A clonagem de cartões de crédito é comum no mundo inteiro e o país não foge à regra. Lá acontece mais em lojas de souvernirs, então a melhor opção é pagar em dinheiro. As vezes pode acontecer do turista pedir para entregar algum produto no hotel e os estabelecimentos enviam outros objetos de menor valor do que foi pedido. É bom sempre conferir assim que receber e não quando chegar em casa na volta da viagem, para poder trocá-lo pelo pedido correto.

Prepare-se também para a comida apimentada. Faz parte da cultura deles colocar temperos fortes nos pratos. Quem não está muito acostumado com pratos muito pesados, pode ter dificuldade em achar outras opções mais leves. Mas tente sempre provar algumas comidas tradicionais, afinal a gastronomia indiana é muito rica e diferente, e é uma boa chance de conhecer a cultura de perto.

Quando decidir de viajar ao país, fique atento a época do ano escolhida, pois o clima varia muito no país.  Se for conhecer regiões montanhosas como Manali ou Nainital, o melhor período é de março a maio, pois enquanto a temperatura está mais amena. Já de junho a outubro é o período das monções, quando pode ocorrer inundações nas cidades, fora que essa época é a mais quente no país.

Para a hospedagem faça uma busca detalhada dos hoteis, em quais regiões estão localizados e se há atrações por perto. Isso vale para qualquer viagem, independente do lugar que for. Sites como HostelWorld e Booking também têm partes só com resenhas de turistas que já se hospederam em albergues e hoteis de diversos países. Vale a pena ler os comentários, pois eles sempre dão dicas e um feedback se a acomodação foi boa ou não.

Foto: rachel in wonderland no flickr

Belezas da Terra do Sol Nascente

Yokohama Landmark Tower
Yokohama Landmark Tower

Para quem sempre teve vontade de conhecer o Japão mas ainda não foi por causa do custo das passagens, saiba que agora está muito mais fácil fazer esta viagem. Localizado na área ocidental, a terra do sol nascente esconde belezas e hábitos culturais incríveis. O país é um arquipélago de mais de seis mil ilhas. A maior parte montanhosa e com muitos vulcões, característica atraente para o turismo e o comércio local. A magia dos letreiros luminosos, grandes prédios majestosos e a peculiar vestimenta das japonesas permeiam o imaginário dos ocidentais, mas, ao contrário do que parece, o país não é uma selva de pedra completa, afinal possui nove eco regiões florestais e muita área verde. Conheça as cidades japonesas mais movimentadas pelo turismo:

Tóquio – É o principal centro político, financeiro, comercial, educacional e cultural do Japão. Por conta disso, diversas empresas se instalaram lá. Universidades, teatros e outros estabelecimentos culturais são altamente modernos. O sistema de transporte também é bastante desenvolvido. A melhor opção de deslocamento em Tóquio é o transporte público. Mas Tóquio também conta com grandes eventos anuais que fervem o turismo. Anualmente, mais de dois milhões de pessoas visitam a cidade. Não deixe de visitar a Torre de Tóquio e o Palácio Imperial do Japão.

Kyoto – conhecida pela culinária local, a cidade altamente populosa permite o cultivo de vegetais o ano inteiro devido ás condições climáticas e solo fértil. É considerado o centro cultural do Japão, o Monte Arashyiama, o Complexo de Gion, onde viviam geixas e o Pavilhão Dourado despertam a curiosidade dos visitantes. Kyoto possui também as melhores sedas e tecidos que eram usados para confeccionar quimonos.

Osaka – conhecida por abrigar sedes de grandes marcas de eletrônicos, Osaka é a terceira cidade mais populosa do Japão. Muitas empresas relacionadas a alta tecnologia estão situadas em Osaka. Por ser uma província, Osaka possui um complexo de cidadezinhas onde ainda podemos encontrar a pesca, atividade recorrente na região e o cultivo de plantas exóticas.

Yokohama – é a maior cidade independente do Japão e o maior porto com a concentração comercial da grande Tóquio. O estádio internacional de Yokohama foi palco da Copa do Mundo Fifa 2002. Não deixe de visitar a Yokohama Landmark Tower, o mais alto edifício do Japão e suntuosas estruturas urbanas jamais vistas em outros países. Yokohama é o destino ideal para quem procura passeios urbanos e se interessa por tecnologia e aparelhos de última geração.

Foto: naitokz no flickr