Warning: call_user_func_array() expects parameter 1 to be a valid callback, class 'adsenseib30_textInHome' not found in /home/customer/www/viagemhoje.com/public_html/wp-includes/class-wp-hook.php on line 307

Santa Clara e Che Guevara

Praça da Revolução de Santa Clara

A figura do revolucionário é um dos maiores símbolos da ilha comunista. Existem diversas bandeiras, livros e até mesmo chaveiros que retratam esta enigmática e conhecida face do homem guerrilheiro com a famosa boina estrelar na cabeça. Sendo que a região que mais homenageia Che Guevara é Santa Clara, cujo monumento histórico em forma de estátua em memorial atrai milhares de turistas. Santa Clara e Che Guevara, cidade cubana homenageia e possui grande memorial do líder revolucionário.

A cidade interiorana é conhecida atualmente também pelo seu excelente time de beisebol. Santa Clara fica a aproximados 270 quilômetros de Havana, capital do país. São quase 3h horas de viagem de automóvel. O caminho principal é realizado na estrada nacional. Esta foi uma das primeiras terras invadidas durante o golpe contra Fulgêncio Batistas durante a Revolução Cubana. Hoje em dia conta com taxa populacional de aproximados 250 mil habitantes.

A realidade de Cuba fica mais explicita no interior. Durante o trajeto na via principal é possível visualizar diversos campos cubanos com várias plantações e arvores das mais antagônicas espécies. Ressalta-se que a estrada não possui boas condições apesar de estar na maioria do tempo praticamente vazia.

Logo na chegada é possível notar a presença de um enorme outdoor com a estrela vermelha que representa o Partido Comunista. O conteúdo do letreiro já explicita o ambiente do lugar: “Che, foi uma estrela que te colocou aqui e te fez deste povo”.  

A geografia do lugar é deslumbrante, temperatura média de 25° graus. São diversos terrenos pantanosos e escarpados. A maioria dos dias do ano é ensolarada neste clima avidamente tropical. Quem for entre maior e outubro vai encontrar clima chuvoso enquanto que de novembro a abril o ar está mais seco.

Apesar de ser argentino, esta é considera a cidade de Che Guevara. O revolucionário jamais morou no local, contudo a batalha ocorrida foi de tamanha importância à causa comuna que até hoje lhe são concedidas diversas homenagens.

O memorial pode ser avistado há muitos metros de distância. A estrutura é bastante limpa e conta com magnífica estética entre concreto e natureza campal.

Onipresente, acima de toda estrutura está o ídolo venerado. Che Guevara esculpido em figura inteira composta por bronze. A imagem mostra o guerrilheiro com roupas do exército e com uma arma de grosso calibre na mão direita.

Para encerrar vale dizer que os restos mortais de Che que foram achados no ano de 1997 na Bolívia foram trazidos por Fidel Castro até a cidade para ser enterrado no monumento.

Foto: danifeb no Flickr

Construções históricas de Havana guardam a história da Revolução cubana

A lendária Avenida Malecón em Havana

A emblemática ilha de Fidel Castro está localizada na América Central, entre a Jamaica e a Flórida. Havana (La Habana em espanhol), situada na província de Ciudad de La Habana, é a capital de Cuba. Com o agradável clima caribenho, o litoral de águas cristalinas que banha a cidade é paradisíaco. Os furacões típicos do mar do Caribe não atingem Cuba com tanta intensidade e os prejuízos são mínimos. Por conta desse privilégio natural, Havana e os outros lugares do país recebem turistas durante o ano inteiro. O setor turístico é a principal fonte de renda de Cuba.

Os inúmeros monumentos históricos de Havana são atrativos para muitos viajantes, pois contam a história do país, desde os tempos de colônia, até os tempos da revolução socialista. A Fortaleza de San Carlos de La Cabana é a maior construída pela Espanha nas Américas e fica na margem oriental da baía de Havana. A cúpula imponente do Capitólio Nacional, construído no centro da cidade nos anos 1920, é um dos maiores cartões postais da capital cubana. A arquitetura é inspirada no Capitólio de Washington, Estados Unidos, país que até a revolução de 1959 exercia enorme domínio na ilha. Passear pela Rua La Calle 23 em El Vedado pode ser uma boa dica para quem gosta de dar aquela descontraída. O local possui vários hotéis, clubes e discotecas que atraem muitos jovens nos fins de semana.

Um dos pontos que é parada obrigatória a quem visita Havana é a Plaza de La Revolucion, onde é impossível não sentir a energia da revolução na Ilha. O prédio do Ministério Del Interior possui um desenho gigante do líder argentino Ernesto Che Guevara, com a frase “Hasta La Victoria Siempre”. O Museu Nacional de Belas Artes guarda a história da arte cubana e conserva o principal patrimônio artístico do país. O acervo de mais de 45 mil peças faz da instituição uma das mais importantes do Caribe e da América Latina.

Quem anda pelas ruas de Havana faz uma viagem no tempo. A grande maioria dos prédios e dos carros que trafegam pelas ruas é antiga. O isolamento de Cuba impediu que o país se modernizasse. Desde 1991, com o colapso da União Soviética, os embargos internacionais à ilha se intensificaram, o que dificultou ainda mais a situação da pequena nação.

Conversar com o povo cubano sobre a revolução socialista é uma ótima idéia. As pessoas vão adorar explicar como funciona o sistema político na ilha. É simplesmente uma verdadeira aula de história.

Foto: mikeopera no Flickr