Toledo Imperdível

A influência da arquitetura moura em Toledo.

Toledo foi declarada em 1986, patrimônio da humanidade pela UNESCO. A cidade abarca em uma mesma paisagem rasgos marcantes da cultura moura, judia, cristã e romana. Uma visita pela cidade vale um intenso mergulho na história espanhola. Devido à sua localização central, no território espanhol, é um destino obrigatório para o turista que vai a Madrid. Toledo está a cerca de 70 km da capital espanhola e a viagem de trem, desde Madrid é bastante agradável. Basta comprar um bilhete na página do renfe, ou mesmo na estação e desfrutar a magia daquela que outrora foi a capital da Espanha. Destino imperdível e barato. Um bilhete de trem no renfe custa 10, 60 euros, se for comprá-lo pela web, deverá marcar a estação “Madrid puerta de Atocha”. Ao descer do trem, há duas opções; fazer o tour pelo entorno da cidade com o ônibus turístico, ou pegar um ônibus local (números 61, 62) até o centro, onde há um passeio de trem simplesmente formidável. Ambos são guiados por gravação, que vai dissecando as maravilhas desta Toledo legendária, verdadeiro museu a céu aberto.

Parafraseando Cervantes, Toledo está abraçada ao rio Tajo, localizada à sua margem direita. Recostada em uma colina imponente, prepondera a influência árabe e romana. Tem um caráter intensamente medieval. Uma arquitetura bastante artística para os olhos ocidentais. Encantadora. A cidade que conta com cerca de 82 mil habitantes é também capital da comunidade autônoma de Castilla- la Mancha. Com grande relevância na era do bronze, mantém forte essa tradição até os dias de hoje. Pelas ruelas, se encontram lojas com um comércio voltado às espadas, facas e elementos de metal.

Toledo tem algo especial, porque já despertava a paixão de gênios das artes, como El Greco, Cervantes, Becquer. Sem citar Garcilaso de la Vega, toledano de nascimento. El Greco só alcançou a maturidade de suas obras ao mudar-se para Toledo. Cabe destacar, que neste período a cidade era a capital religiosa da Espanha, o que incentivou a produção de obras de cunho clérigo. Cervantes, que não era natural de Toledo, também passeou sua obra pelas cercanias do Tajo, nos pés de seu Quixote de la mancha. Também é em Toledo que Gustavo Adolfo Becquer vai em busca de reclusão e inspiração para “Historia de los templos de España”.

A parte preciosa da cidade descansa no alto de uma montanha. Deve-se estar bem disposto para as subidas e desníveis das ruas. No entanto, não hesite, vale a pena qualquer esforço para vislumbrar os cenários das lendas que oculta a região. Toledo tem um forte passado místico, floreado com contos e histórias datadas da inquisição.

Em 2010, estreou na Rede Globo, a novela Escrito nas estrelas, trama de cunho espiritual que tratava do pós vida e vidas passadas. Toledo passou a ser bastante citada quando os protagonistas, por meio de déja-vus e sonhos puderam recordar haver vivido uma história de amor, dor e paixão na cidade espanhola. A Autora Elizabeth Jhin se inspirou a desenvolver o romance, após uma visita.

Para quem está em Madrid, um dia em Toledo é suficiente. E planejando bem o roteiro, há tempo para conhecer a Puerta de Bisagra, apreciar a Puente de San Martin e de Alcântara. O monastério de San Juan de los Reyes é ponto obrigatório, assim como o Palácio de Fuensalida, justo onde lhe deixará o ônibus que poderá tomar da estação de trem. Está bem em frente à Plaza del Conde. As mesquitas do Cristo de la Luz e Tornerías também são uma beleza à parte, além das sinagogas Santa Maria La blanca e del Transito.

Sobre o clima; um ponto importante: Durante o verão europeu, a temperatura em Toledo pode ultrapassar os 40° C. Ao passo que no inverno, o clima apresenta um frio ameno e agradável. Logo, escolha a estação que mais lhe agrade, arrume as malas e viaje à antiga sede do monarca Carlos I.

Foto: Sean Munson no Flickr

 

 

 

Autor: Renata Vásquez

Redatora e revisora da rede de blogs The Diktyo SL.Advogada

Um comentário em “Toledo Imperdível”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *