Vida cultural intensa e agitação noturna fazem da Lapa um dos lugares mais visitados do Rio

Arcos da Lapa é o nome popular do Aqueduto da Carioca

Reduto da boemia na cidade do Rio de Janeiro, o bairro da Lapa é um dos lugares mais badalados da capital fluminense. Após um longo processo de revitalização nos últimos anos, a região ganhou novas casas noturnas e bares que agitam a região nas noites de sexta e sábado. Vários desses estabelecimentos estão instalados em casarões preservados por incentivo da prefeitura do Rio. Nas Ruas Mem de Sá, Lavradio, Riachuelo e Gomes Freire, o happy hour do final de semana acontece ao ar livre, nas mesas e cadeiras espalhadas pelas calçadas.

O Bairro, situado na região central da cidade, é repleto de casas de shows que agradam a todos os gostos. Embora a Lapa seja sempre associada ao samba e às gafieiras, há inúmeros estabelecimentos especializados em Rock, Pagode, ritmos nordestinos, música eletrônica, Reggae, dentre outros. É comum também encontrar apresentações musicais no meio da rua, como as tradicionais rodas de samba. É, sem dúvida, um dos locais mais democráticos do Rio de Janeiro.

Mas essa tradição de agito na vida noturna é muito mais antiga do que pensa. Desde o início do século passado, o local é um dos principais pontos de referência para o lazer na cidade. O cenário da Lapa é conhecido nacionalmente por inspirar figuras como Madame Satã e o típico malandro carioca. Os tradicionais cabarés e restaurantes do bairro já eram freqüentados por intelectuais, artistas, políticos, diplomatas, dentre outros. Machado de Assis, Carmem Miranda, Heitor Villa Lobos, Manuel Bandeira, Péricles Maranhão e Jorge Amado já residiram no bairro. Por essa razão, desde os anos 1950, o bairro é chamado de “Montmartre Carioca”.

Na Sala Cecília Meireles, localizada no Largo da Lapa, ocorrem os melhores concertos de música erudita do cenário cultural do Rio. O edifício, tombado como patrimônio histórico da cidade, foi construído no final do século XIX. Outra opção do bairro é o Circo Voador, um espaço cultural voltado para shows de artistas famosos e música popular.

O Aqueduto da Carioca, também conhecido como Arcos da Lapa, é o principal cartão postal do bairro e um dos mais importantes da capital do Estado do Rio. A construção em estilo romano foi erguida durante o período do Brasil colonial e tinha como objetivo garantir o abastecimento de água para o Morro de Santo Antônio. Atualmente, a estrutura é utilizada como viaduto para os bondes de ferro que ligam o bairro da Lapa ao bairro de Santa Tereza. Vale a pena fazer esse passeio.

A Lapa também concentra a sede e prédios comerciais de várias empresas de grande porte, como a Petrobrás e o BNDES. Na Avenida República do Chile, existem arranha-céus comerciais de elevado padrão. A Catedral de São Sebastião do Rio de Janeiro, com sua arquitetura em formato cônico, também merece a visita dos turistas que passeiam pela região central da cidade.

Foto: sellaro no Flickr

Autor: Caio Lima

Blogger na rede The Diktyo SL.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *